Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/11970
Título: Níveis de fluxo e nova centralidade : reabilitação do espaço público na entrada nascente de Cascais
Autores: Branco, Gregorij Paulo
Palavras-chave: MESTRADO INTEGRADO EM ARQUITETURA
ARQUITETURA
ARCHITECTURE
REABILITAÇÃO ARQUITETÓNICA
ARCHITECTURAL REHABILITATION
ZONAS COSTEIRAS
COASTAL AREAS
ESPAÇO PÚBLICO
PUBLIC SPACE
CASCAIS
CASCAIS
Data: 2021
Resumo: A entrada nascente de Cascais, identificando-se como um espaço rural ligado a atividades balneares e de pesca, foi sofrendo transformações ao longo dos anos, tanto com a construção do caminho-de-ferro como pela avenida marginal, criando neste território um corte e uma separação de duas realidades: a praia e a costa. A entrada nascente de Cascais define-se como um polo de concentração de eixos viários que “desaguam” no interior da Vila: a estação ferroviária e a avenida marginal. Este corte, cria uma modificação notável do território, fragmentando-o, transformando e consumindo a paisagem costeira da Vila. É nossa proposta reabilitar as descontinuidades através dos caminhos da memória, enfatizados pela centralidade de uma praça ribeirinha sob a linha do caminho-de-ferro e à cota inferior da avenida marginal, funcionando com dois níveis de ligação: o apeadeiro oeste da estação ferroviária de Cascais e a superfície comercial, desenvolvendo-se à mesma cota do passeio marítimo. Contrapondo-se a toda esta ideia de organização espacial de desnivelamentos através da horizontalidade, é necessário referir que para além de um percurso de escadas existe marco de verticalidade total através da implantação de duas colunas que se assume como elemento simbólico, que escultoricamente silencioso se eleva para o céu. Estas duas colunas também destacam o projeto na sua dimensão cósmica, à escala paisagística e monumental: de facto, assumindo-se como marcos de referência, também é possível afirmar que “foram feitas para serem vistas ao longe” – a dualidade das colunas pretende, ainda, evocar a memória e união de duas antigas ribeiras existentes na Vila de Cascais. A água resultante dessa unificação percorre as colunas e desagua no mar.
The Cascais entrance identifying itself as a rural space linked to bathing and fishing activities, has undergone transformations over the years, both with the construction of the railroad and the avenida marginal, creating in this territory a cut and a separation of two realities: the beach and the coast. The Cascais entrance is defined as a hub for the concentration of road axes that “flow” into the countryside: the train station and the marginal avenue. This cut creates a noticeable change in the territory, fragmenting it, transforming and consuming the coastal landscape of the Vila. It is our proposal to rehabilitate discontinuities through the paths of memory, emphasized by the centrality of a riverside square under the railway line and at the lower elevation of the marginal avenue, functioning with two levels of connection: the west stop of the railway station of Cascais and the commercial area, developing at the same level as the promenade. In contrast to this whole idea of spatial organization of unevenness through horizontality, it is necessary to mention that in addition to a stairway there is a mark of total verticality through the implantation of two columns that are assumed as symbolic elements, which are sculpturally silent. to the sky. These two columns also highlight the project in its cosmic dimension, on a landscape and monumental scale: in fact, assuming itself as benchmarks, it is also possible to say that “they were made to be seen from afar” - the duality of the columns intends, also, evoke the memory and union of two old streams existing in the village of Cascais. The water resulting from this unification runs through the columns and flows into the sea.
Descrição: Orientação: Hugo Philipe Herrenschimidt da Nazareth F. de Cerqueira
URI: http://hdl.handle.net/10437/11970
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado Integrado em Arquitetura

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Gregorij Paulo Hirt Du Breuil Branco final c.pdfDissertação de Mestrado33.63 MBAdobe PDFVer/Abrir
Ficheiro Cad projeto final gregorij branco.pdfDissertação de Mestrado1.75 MBAdobe PDFVer/Abrir
Planta de implantação editavel final imp.jpgDissertação de Mestrado2.52 MBJPEGVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.