Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/9607
Título: O efeito da sociosexualidade na relação entre as estratégias de resolução de conflito e a satisfação conjugal
Autores: Lamela, Diogo, orient.
Brito, Diana Sofia Gomes
Palavras-chave: MESTRADO EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE
PSICOLOGIA
SATISFAÇÃO CONJUGAL
RESOLUÇÃO DE CONFLITOS
SOCIOSEXUALIDADE
PSYCHOLOGY
MARITAL SATISFACTION
CONFLICT RESOLUTION
SOCIOSEXUALITY
Data: 2019
Resumo: A investigação tem demonstrado uma associação estrutural entre as estratégias de resolução de conflito conjugal e a satisfação conjugal (RCC). Não obstante, apesar da plausibilidade da potencial influência da sociosexualidade na associação entre estratégias de RCC e satisfação conjugal, esta hipótese nunca foi, contudo, estudada empiricamente. O presente estudo teve dois objetivos. O primeiro, foi testar as associações entre as estratégias de RCC destrutivas (estratégias de raiva, hostilidade e retraimento) e construtivas e satisfação conjugal. O segundo objetivo foi examinar o efeito moderador das atitudes sociosexuais na associação entre (a) estratégias construtivas de resolução conflito conjugal e a satisfação conjugal e (b) estratégias destrutivas de resolução conflito conjugal e a satisfação conjugal. A amostra foi constituída por 242 mulheres a residir em Portugal, com idades compreendidas entre os 20 e 51 anos de idade (M = 35.30; SD = 5.44), sendo a média de idade de filhos de 3.76 anos (SD = 3.38; variação 2 e 6 anos). Usando um design transversal, foi conduzido um inquérito online de recolha de dados, ao qual as participantes responderam a questões referentemente às variáveis em estudo. A priori à análise de dados, foram implementados procedimentos estatísticos de limpeza de dados para reduzir a possibilidade de respostas enviesadas ou inválidas metodologicamente. Os resultados demonstraram que as estratégias construtivas, estratégias de retraimento, de hostilidade e de raiva de RCC se mostraram preditoras significativas da satisfação conjugal. Relativamente ao potencial efeito moderador das atitudes sociosexuais entre as estratégias de RCC e a satisfação conjugal, verificou-se um efeito moderador das baixas atitudes sociosexuais entre as estratégias de resolução de conflito conjugal construtivas e a satisfação conjugal. A posteriori foram também discutidas as limitações e as implicações clínicas do presente estudo.
Research has shown a structural association between marital conflict resolution strategies (RCC) and marital satisfaction. However, despite the plausibility of the potential influence of sociosexuality in the association between RCC strategies and marital satisfaction, this hypothesis has never been studied empirically. The present study had two objectives. The first one was to test the associations between the strategies of destructive RCC (strategies of anger, hostility and withdrawal) and constructive and marital satisfaction. The second objective was to examine the moderating effect of sociosexual attitudes in the association between (a) constructive strategies for solving the marital conflict and marital satisfaction and (b) destructive strategies for solving the marital conflict and marital satisfaction. The sample consisted of 242 women residing in Portugal, aged between 20 and 51 years (M = 35.30; SD = 5.44), with the mean age of children being 3.76 years (SD = 3.38; between 2 and 6 years). Using a cross-sectional design, an online data collection survey was conducted, to which participants answered questions related to the variables under study. A priori to the data analysis, statistical procedures of data cleaning were implemented to reduce the possibility of skewed or methodologically invalid answers. The results showed that the constructive strategies, withdrawal, hostility and anger RCC strategies proved to be a significant predictor of marital satisfaction. With regard to the potential moderating effect of sociosexual attitudes between RCC strategies and marital satisfaction, there was a moderating effect of low sociosexual attitudes between constructive conflict resolution strategies and marital satisfaction. A posteriori the limitations and clinical implications of the present study were also discussed.
Descrição: Orientação: Jorge Pereira do Vale Lamela da Silva
URI: http://hdl.handle.net/10437/9607
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado Em Psicologia Clínica e da Saúde

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Diana FINAL.pdfDissertação de Mestrado441.18 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.