Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/9606
Título: Impacto da reestruturação empresarial na percepção do desempenho económico-social das organizações
Autores: Ramos, Pedro, orient.
Pereira, Bianca Roxo
Palavras-chave: MESTRADO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
GESTÃO
MANAGEMENT
GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
HUMAN RESOURCES MANAGEMENT
GESTÃO DE EMPRESAS
BUSINESS MANAGEMENT
GESTÃO ORGANIZACIONAL
ORGANIZATIONAL MANAGEMENT
DESEMPENHO
PERFORMANCE
BENEFÍCIOS SOCIAIS
SOCIAL BENEFITS
REESTRURAÇÃO EMPRESARIAL
CORPORATE RESTRUCTURING
Data: 2018
Resumo: Esta investigação centra-se na problemática relativa ao modo como as decisões de Reestruturação Empresarial podem afetar positivamente a Percepção do Desempenho Organizacional das empresas. Elaborou-se um modelo conceptual, suportado por duas proposições gerais e quatro proposições operacionais, denominado de “Modelo da Reestruturação Empresarial”, por força do papel que nele representa o sistema de motivações para o seu exercício, a sua relação com a Percepção do Desempenho Organizacional e a relação da Percepção do Desempenho Organizacional sobre os Benefícios Sociais. O processo de investigação envolveu uma recolha de dados através de um questionário sobre uma amostra estratificada do tecido empresarial português. Participaram 525 empresas nesta investigação. Os dados demográficos revelaram que a amostra era representativa; assim, eventuais conclusões a retirar, serão passíveis de generalização para um universo de empresas de perfil similar. As principais ilações a retirar deste trabalho de investigação são que: (i) se comprova a existência de um conjunto de efeitos diretos, positivos e estatisticamente relevantes da Reestruturação Empresarial sobre a Percepção do Desempenho Organizacional: RH; Qualidade; Financeira; Tecnologia e (ii) se comprova a inexistência de um efeito significativo da Percepção do Desempenho Organizacional sobre os Benefícios Sociais.
This investigation focuses on the discussion about the way Organizational Restructuring decisions could positively affect the perception about organizational performance. A conceptual model called “Organizational Restructuring Model” was developed and supported by two general propositions and four operational prepositions. The conceptual model was developed because of the role that the motivational systems assume on its execution; its relation with organizactional performance perception and; the relation between Organizational Performance Perception and Social Benefits. The investigation process involved a data collection through a questionnaire on portuguese business community sample. 525 companies participated in the investigation. The demographic data revealed that the sample was representative, therefore eventual conclusions can be generalized for a similar universe profile. The main conclusions to be taken from this investigation are (i) the organizational restructuring does present a set of statistically relevant positive and direct effects upon the organizational performance perception: HR, Quality, Financier, Tecnology and (ii) proves the inexistence of a significantly effect between organizational performance and social benefits.
Descrição: Orientação: Pedro Ramos
URI: http://hdl.handle.net/10437/9606
Aparece nas colecções:BIBLIOTECA - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Gestão de Recursos Humanos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Bianca Pereira - Dissertação de Mestrado Versão Final.pdfDissertação de Mestrado2.31 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.