Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/9549
Título: Estudo prospetivo observacional de âmbito clínico: descrição de sete casos clínicos em urgências em intoxicações por rodenticidas anticoagulantes
Autores: Martins, João Manuel Cardoso, orient.
Almeida, Maria Teresa de Jesus Horta de
Palavras-chave: MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA VETERINÁRIA
VETERINÁRIA
MEDICINA VETERINÁRIA
INTOXICAÇÃO
PESTICIDAS
CANÍDEOS
CÃES
MONITORIZAÇÃO
MEIOS DE DIAGNÓSTICO
TERAPÊUTICAS
CASOS CLÍNICOS
VETERINARY MEDICINE
INTOXICATION
PESTICIDES
CANIDS
DOGS
MONITORING
DIAGNOSTIC PROCEDURES
THERAPEUTICS
CASE REPORTS
BANCOS DE SANGUE
BLOOD BANKS
RODENTICIDAS
RODENTICIDES
Data: 2019
Resumo: Os rodenticidas anticoagulantes constituem uma das principais causas de intoxicação em animais de companhia. A aplicação de novas técnicas de diagnóstico e terapêuticas, é crucial para uma melhoria mais rápida e eficaz no estado clínico do animal. O objetivo deste estudo foi a implementação de técnicas de diagnóstico e de monitorização mais rigorosas, juntamente com a administração do antídoto (vitamina K1) no dobro da dose clássica administrada, de forma a minimizar as terapêuticas efetuadas para o tratamento das intoxicações por rodenticidas anticoagulantes. Para tal, recorreu-se a uma amostra de sete cães com intoxicação por rodenticidas anticoagulantes crónica. Estes foram submetidos ao protocolo terapêutico (vitamina K1, 5 mg/kg BID, SC nas primeiras 24h de intoxicação, seguido de 5 mg/kg SID, SC/PO nos dois dias seguintes), em regime de internamento, aplicado no Hospital Veterinário da Arrábida. Os resultados obitdos revelaram não ser necessário, em todos os casos de intoxicação, a transfusão de derivados sanguíneos, minimizando assim a aplicação de uma das medidas de tratamento para este tipo de intoxicação. Desta forma, concluiu-se que, uma monitorização rigorosa e aplicação de métodos de diagnóstico ecográficos mais restritos, é uma metodologia eficaz para designar com maior precisão a terapêutica a efetuar, contribuindo para a diminuição da taxa de mortalidade e morbilidade.
Anticoagulant rodenticides are a major cause of intoxication in companion animals. The application of new therapeutics and diagnostic techniques is crucial for a more rapid and effective improvement in the clinical state of the animal. The objective of this study was the implementation of more rigorous diagnostic and monitoring techniques, coupled with the administration of the antidote (vitamin K1) twice the administered dose, in order to minimize the therapeutics performed for the treatment of anticoagulant rodenticide intoxications. To do so, a sample of seven dogs with chronic anticoagulant rodenticide poisoning was used. These were submitted to the therapeutic protocol (vitamin K1, 5 mg/kg, BID, SC, in the first 24h of intoxication, followed by 5 mg/kg, SID, SC/PO on the following two days), in hospitalization, applied at the Veterinary Hospital of Arrábida. The results showed that, in all cases of intoxication blood bank therapy was not necessary, thus minimizing the application of one of the treatment measures for this type of intoxication. Thus, it was concluded that strict monitoring and application of more restricted ultrasound diagnostic methods, is an effective methodology to designate more precisely
Descrição: Orientação : João Cardoso Martins ; co-orientação : Ângela Martins
URI: http://hdl.handle.net/10437/9549
Aparece nas colecções:BIBLIOTECA - Dissertações de Mestrado
Mestrado Integrado em Medicina Veterinária

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Maria Almeida_Estudo prospetivo observacional de âmbito clinico.pdfDissertação de Mestrado17.67 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.