Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/9535
Título: Museologia decolonial : os pontos de memória e a insurgência do fazer museal
Autores: Moutinho, Mário Caneva, orient.
Pereira, Marcele Regina Nogueira
Palavras-chave: DOUTORAMENTO EM MUSEOLOGIA
MUSEOLOGIA
SOCIOMUSEOLOGIA
POLÍTICA PÚBLICA
MUSEOLOGY
SOCIOMUSEOLOGY
PUBLIC POLICY
Data: 2018
Resumo: Este estudo apresenta a trajetória do Programa Pontos de Memória desde o ano de lançamento, em2008,até os dias de hoje. O objetivo desta tese é analisar os documentos provenientes da Cooperação Técnica realizada entre o Instituto Brasileiro de Museus, autarquia do Ministério da Cultura, a Organização dos Estados Ibero-americanos eo Ministério da Justiça, com o intuito de incentivar processos museais em comunidades populares localizadas em 12capitais brasileiras consideradasviolentaspelo Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci). Com vistas a discutir os acúmulos, as dificuldades e a potência desse Programa para o campo dos museuse da Museologia,propomos analisar aspectos relacionados àdimensão política, poética e pedagógica dos Pontos de Memória,com destaque para os pressupostos decoloniaisque sãofruto dos estudos do grupo Modernidade/Colonialidade. Tal Programa, com foco no papel dos museus e da Museologia em sociedade, acumula avanços no que se refere àconsolidação daMuseologia Social no Brasil, resultado de uma Política Nacional de Museus que se fortalece em direção a políticas sociais dedicadas a garantir o Direito à Memória e a dignidade de grupos e comunidades historicamente excluídosnos âmbitossocial e cultural. Compreendemos este Programa como uma ação insurgente e decolonizadora do pensamento e da prática museal.
This study presents the trajectory of Points of Memory Program since its launch year in 2008 to the present day. The purpose of this thesis is to analyze the documents from the Technical Cooperation between the Brazilian Institute of Museums, a Ministry of Culture’s autarchy, the Organization of Ibero-American States and the Ministry of Justice, with the intention of encouraging museum processes in popular communities located in 12 Brazilian capitals considered violent by the National Program of Security with Citizenship (Pronasci, in Portuguese abbreviation). In order to discuss the accumulations, difficulties and potency of this Program for the museums and Museology field, we propose to analyze aspects related to the political, poetic and pedagogical dimension of Points of Memory, especially the Decolonial suppositions that are fruit of the studies from the Modernity/Coloniality group. This Program, with a focus on the role of museums and Museology in society, accumulates advances in the consolidation of Social Museology in Brazil, result of a National Museum Policy that is strengthened towards social policies that are dedicated to guarantee the Right to Memory and the dignity of historically excluded groups and communities in the social and cultural spheres. We understand this program as an insurgent and decolonizing action of museological thought and practice.
Descrição: Orientação : Mário Caneva Moutinho
URI: http://hdl.handle.net/10437/9535
Aparece nas colecções:Biblioteca - Teses de Doutoramento
Doutoramento em Museologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Marcele_Pereira_final.pdfTese de Doutoramento12.38 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.