Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/9281
Título: Desgaste emocional numa população de cuidadores de pessoas com demência
Autores: Oliveira, Jorge, orient.
Souza, Míria Ramalho de
Palavras-chave: MESTRADO EM NEUROPSICOLOGIA APLICADA
PSICOLOGIA
NEUROPSICOLOGIA
DEMÊNCIA
CUIDADORES INFORMAIS
PERTURBAÇÕES EMOCIONAIS
PSYCHOLOGY
NEUROPSYCHOLOGY
DEMENTIA
INFORMAL CARERS
EMOTIONAL DISORDERS
Data: 2018
Resumo: Sabe-se que, a demência se define como uma deterioração adquirida nas capacidades cognitivas que vai prejudicar o desempenho das atividades quotidianas.A sua prevalência está rapidamente tornar-se uma preocupação global devido ao aumento demográfico e progressivo em relação a uma população mais envelhecida. Cuidar de um familiar ou alguém com demência tem um impacto profundo e negativo sobre os aspetos emocionais, físicos e psicossociais da vida dos cuidadores. O presente estudo tem como objetivo analisar o impacto da Gravidade da demência sobre o Desgaste Emocional dos seus cuidadores. A amostra foi composta por 30 participantes, com idades compreendidas entre 35 e 82 anos. O protocolo de investigação, foi composto pelos seguintes instrumentos: questionário sociodemográfico, Mini- MentalStateExamination e o Inventário Neuropsiquiátrico, que avaliava os domínios neuropsiquiátricos dos doentes através dos seus cuidadores. Os resultados obtidos demonstram a existência de relações estatisticamente significativas entre o Desgaste Emocional dos cuidadores e a Gravidade da demência. Para concluir, é importante referir que a intervenção da neuropsicologia no percurso destes doentes e dos seus cuidadores principalmente, é determinante na melhoria da performance ao nível da autonomia e funcionalidade dos doentes e de suporte psicológico aos cuidadores, de modo, maximiza a potencial recuperação dos doentes, com a promoção e aquisição de estratégias funcionais que reduzem a dependência e sobrecarga dos cuidadores.
Dementia is defined as an acquired deterioration in cognitive abilities that will impair the performance of daily activities.The prevalence of dementia is rapidly becoming a global concern due to the demographic and progressive increase in relation to an older population. Caring for a family member or someone with dementia has a profound and negative impact on the emotional, physical, and psychosocial aspects of caregivers' lives. This study aims to analyze the impact of dementia severity on the Emotionaldistress of caregivers. The study sample was composed by 30 participants, aged between 35 and 82 years old, the research protocol, was composed of the instruments: sociodemographic questionnaire, Mini-Mental State Examination and Neuropsychiatric Inventory, which evaluated patients’ neuropsychiatric domains according to their caregivers. The results showed the existence of statistically significant relation between the emotional distress of the caregivers and the severity of dementia.To complete is important to mention that the intervention of neuropsychology in the course of these patients and their caregivers mainly, is determinant in the improvement of the patient's autonomy and functionality performance and of psychological support to the caregivers, in order to maximize the potential recovery of the patients, with the promotion and acquisition of functional strategies that reduce the dependency and overload of caregivers.
URI: http://hdl.handle.net/10437/9281
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Neuropsicologia Aplicada

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Miria Sousa fina 2.pdfDissertação de Mestrado4.12 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.