Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/9242
Título: Espaço de culto. Projecto : “a celebração da vida”
Autores: Fernandes, Miguel João Mendes do Amaral Santiago, orient.
Soares, Nuno Miguel Martins
Palavras-chave: MESTRADO INTEGRADO EM ARQUITETURA
ARQUITETURA
ARQUITETURA RELIGIOSA
SAGRADO
ARCHITECTURE
SACRED ARCHITECTURE
SACRED
Data: 2012
Resumo: A presente dissertação versa sobre a arquitectura do sagrado, tendo por objectivo final projectar, no actual paradigma das sociedades ocidentais, um espaço de culto sem confissão associada. Nesse sentido, os primeiros capítulos procuram apresentar um ponto de situação deste tema na actualidade contemporânea, expor e contextualizar a evolução da tomada de consciência do ser humano, e descrever sumariamente os diferentes tipos de discurso que o ser humano conceptualizou, nomeadamente os discursos mitológico, religioso e crítico, destacando a apropriação e vivência do espaço sagrado pelo ser humano inscrito em cada tipo de discurso. Naturalmente será dado maior destaque ao discurso crítico, pois é este tipo de discurso que presentemente melhor caracteriza, e onde se inserem as sociedades ocidentais. Nos capítulos seis e sete apresentam-se os conceitos de: religiosidade, sagrado e profano, sendo dado especial destaque aos elementos simbólicos presentes na recriação do espaço sagrado designadamente: porta, torre/ montanha, introspecção e luz. Após este primeiro momento de enquadramento genérico do tema, a dissertação discorre sobre a Religiosidade no actual paradigma da contemporaneidade Ocidental, nomeadamente a sua dimensão individual e intimista, sendo analisada e exposta uma possibilidade – o conceito de celebração da Vida. No capítulo seguinte reporta-se à memória descritiva do espaço de culto, objecto desta dissertação, descrevendo-se os aspectos topológicos, o programa, a funcionalidade, o conceito, questões estéticas, sistema construtivo e materiais. No último capítulo dedicado a considerações finais, são abordados alguns rumos que um espaço desta natureza poderá tomar, assim como a sua viabilidade de construção.
The aim of this dissertion’s is to frame the sacred architecture within the current paradigm of Western societies, trough the conceptualization of a confessionless worship building. In this sense, the initial chapters seek to contemporize the subject, expose and contextualize the evolution of human awareness, and briefly describe the different types of speech that the human being conceptualized. In particular, the mythological, religious and critical discourses, highlight the individual ownership and experience of the sacred space regardless of the type of discourse. Of course, it will be given greater prominence to the critical discourse, due to its represention in the contemporary western societies. In chapters six and seven the concepts of: religiosity, sacred and profane, present in the reenactement of the sacred space are specially emphasised through particular symbolic elements: door, tower/mountain, introspection and light. Following the presentation of the thesis generic framework, the dissertation will discuss the current paradigm of contemporary Religiosity in the West, spanning from its individual and intimate dimension to the proposed hypothesis of life celebration as an ultimate concept. The focus of this dissertation, the descriptive memory of the worship space, is then introduced and the topological aspects, program, functionality, concept, aesthetic issues, building system and materials described. The last chapter, dedicated to the final considerations, addresses some directions that a space of this nature can take, as well as the feasibility of construction.
Descrição: Orientação: Miguel João Mendes do Amaral Santiago Fernandes
URI: http://hdl.handle.net/10437/9242
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado Integrado em Arquitetura

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Nuno Soares RECIL.pdfDissertação de Mestrado4.42 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.