Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/8984
Título: Turismo retrospectivo: o potencial da Cidade Velha, Ilha de Santiago/Cabo Verde
Autores: Sarmento, Eduardo Morais, orient.
Correia, Fernando Augusto dos Santos
Palavras-chave: MESTRADO EM TURISMO
TURISMO
COMBATE À POBREZA
SUSTENTABILIDADE
TOURISM
WAR ON POVERTY
SUSTAINABILITY
Data: 2018
Resumo: A Ribeira Grande de Santiago, pelo coração chamada Cidade Velha, foi a primeira cidade de origem portuguesa a ser construída em África, desempenhando um papel relevante no apoio à expansão portuguesa e ao desenvolvimento do comércio internacional e da navegação de longo curso. Ali aportavam navios das rotas mais variadas, dando oportunidade ao estabelecimento de relações entre vários povos, fazendo da Cidade Velha o berço da mestiçagem, que lhe confere romantismo, mas não supera as dificuldades de desenvolvimento que, de um modo geral, atormentam o terceiro mundo. Numa afirmação do Banco Mundial (2002), é referido que a pobreza é, ela própria, uma barreira à sua própria redução. No mesmo documento e sobre a implementação das necessárias e desejáveis estratégias de combate à pobreza é defendido que estas - devem ter como base a promoção do desenvolvimento económico sustentado da comunidade a que respeitam. Na interpretação deste conceito depreende-se que dificilmente a pobreza resolve sozinha o seu problema. É necessário que existam apoios estruturais e políticos que proporcionem o desenvolvimento económico e social, melhorando a qualidade de vida e mobilizando a população para um objetivo comum. O Turismo pode constituir a charneira entre estas duas premissas: 'relações entre vários povos' e 'desenvolvimento e redução da pobreza'. Nesta dissertação procuramos verificar se existem condições, políticas, sociais, económicas e motivacionais, para que este local de referência - Património Mundial da Humanidade, desde 2009 - possa, servindo-se do turismo, empreender o seu próprio processo de desenvolvimento, em sustentabilidade, assumindo com verdadeiro pragmatismo e de uma forma original a melhoria da sua condição económica e social, restaurando-se e exibindo quadros vivos do seu passado, com a sua própria população. Foram para isso iniciados os trabalhos, fazendo diligências para encontrar informação documental que permitisse reconhecer os objectivos e estratégias que marcam a vontade política do país - Cabo Verde - e a sua identificação com iniciativas desta natureza. Seguiram-se entrevistas exploratórias estruturadas, fundamentando a escolha do método de análise qualitativa que, de forma implícita, foi convertido em quantitativo. Nos quatro grupos, bem identificados - Adm. Central, Adm. Local, Instituições Privadas e População Local - foi procurado detectar anseios, vontades e motivações para o envolvimento num projecto deste tipo. Da análise dos dados recolhidos, conclui-se existirem as condições prévias necessárias para o recurso a formas de turismo sustentável como potenciador de desenvolvimento, norteando ainda propostas para trabalhos complementares subsequentes.
Ribeira Grande de Santiago, now Cidade Velha, was the first city of Portuguese origin to be built in Africa, playing a relevant role in supporting Portuguese expansion and the development of international trade and long-distance shipping. There they supplied ships of the most varied routes, giving the opportunity to establish relations between various peoples, making the Old City the cradle of mestizaje, which gives it romanticism, but does not overcome the difficulties of development that, in general, torment the third world. In a World Bank statement (2002), it is said that poverty itself is a barrier to its own reduction. In the same document and on the implementation of the necessary and desirable strategies to combat poverty, it is argued that these should be based on promoting the sustained economic development of the community to which they respect. In interpreting this concept one can deduce that poverty alone hardly solves its problem. There must be structural and political support for economic and social development by improving the quality of life and mobilizing the population for a common goal. Tourism can be the link between these two premises: "relations between various peoples" and "development and reduction of poverty". In this dissertation we try to verify if there are conditions, political, social, economic and motivational, so that this place of reference - World Heritage of Humanity since 2009 - can, using tourism, undertake its own development process, assumed with true pragmatism and in an original way its economic and social development, restoring itself and showing living pictures of its past with its own population. This was the beginning of the work, making efforts to find documentary information that would recognize the objectives and strategies that mark the country's political will - Cape Verde - and its identification with initiatives of this nature. Structured exploratory interviews followed, based on the choice of the method of qualitative analysis that, implicitly, was converted into quantitative. In the four well-identified groups - Central Adm., Local Adm., Private Institutions and Local Population - we sought to detect wishes, wishes and motivations for involvement in such a project. From the analysis of the collected data, it is concluded that there are the necessary preconditions for the use of forms of sustainable tourism as a development enhancer, and also guide proposals for subsequent complementary work.
Descrição: Orientação: Eduardo Sarmento Ferreira
URI: http://hdl.handle.net/10437/8984
Aparece nas colecções:BIBLIOTECA - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Turismo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TeseFinal-Digit.pdfDissertação de Mestrado2.22 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.