Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/8869
Título: A influência do rumor no bem-estar dos colaboradores das organizações
Autores: Tomás, João Pedro da Cruz Fernandes, orient.
Pontes, Leonel da Silva
Palavras-chave: MESTRADO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
GESTÃO
GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
RUMOR
BEM-ESTAR
GESTÃO ORGANIZACIONAL
ESTUDOS DE CASO
MANAGEMENT
HUMAN RESOURCES MANAGEMENT
RUMOR
WELLNESS
ORGANIZATIONAL MANAGEMENT
CASE STUDIES
Data: 2015
Resumo: O presente trabalho tem como principal objetivo investigar o rumor nas organizações e avaliar o seu impacto no bem-estar afetivo dos trabalhadores. Adicionalmente, analisam-se outras variáveis de cariz sociodemográfico dos participantes, nomeadamente as motivações dos trabalhadores para a participação em rumores, as suas atitudes face aos rumores, a prevalência de rumores nas organizações e as suas principais origens. Para consecução destes objetivos foi elaborado um instrumento de inquirição por questionário para a avaliação dos rumores nas organizações (Questionário RBEAT). O estudo foi realizado com uma amostra de trabalhadores de pequenas organizações portuguesas, constituída por participantes de ambos os sexos, independentemente das suas habilitações literárias, da idade, da função e do cargo ocupado na empresa ou do tempo de serviço. Com este estudo empírico, obteve-se como resultado principal um melhor entendimento dos rumores no seio organizacional, tendo-se concluído que os rumores organizacionais influenciam o bem-estar dos trabalhadores, em particular ao nível das dimensões aborrecimento-entusiasmo e cansaço-vigor. Verificou-se a existência de uma associação com significado estatístico entre a origem dos rumores e a motivação dos trabalhadores para neles participarem, e também na correlação entre o impacto dos rumores nos trabalhadores e os anos de serviço destes nas organizações.
This study aims to investigate organizational rumors and evaluate their impact on the emotional well-being of workers. Additionally, we analyze other sociodemographic variables of participants, including workers’ motivations for participating in rumors, their attitudes towards rumors, the prevalence of rumors in organizations, and their main sources. To achieve these goals a inquiry instrument by questionnaire for the evaluation of rumors in organizations (Questionnaire RBEAT) was designed. The study was conducted with a sample of Portuguese workers from small organizations, composed of participants of both sexes, regardless of their educational background, age, function and position held in the company or service time. With this empirical study, we obtained mainly a better understanding of rumors within organizations and we hope to find results that allow a better understanding of organizational rumors. It was concluded that organizational rumors influence the workers’ well-being, particularly at the level of annoyance-enthusiasm and fatigue-force dimensions. Verifying the existence of an association with statistical significance between the source of the rumors and the motivation of workers to take part, and also the correlation between the impact of rumors on workers and the years of service of workers in organizations.
Descrição: Orientação: João Pedro da Cruz Fernandes Thomaz
URI: http://hdl.handle.net/10437/8869
Aparece nas colecções:BIBLIOTECA - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Gestão de Recursos Humanos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Leonel Pontes_Dissertacao_ISLA_MGRH_2015.pdfDissertação de Mestrado1.96 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.