Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/8293
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorCarraça, Eliana Cristina Veiga, orient.
dc.contributor.authorCardoso, Luís Filipe Ventura
dc.date.accessioned2017-11-22T14:26:03Z
dc.date.available2017-11-22T14:26:03Z
dc.date.issued2016
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10437/8293
dc.descriptionOrientação: Eliana Cristina Veiga Carraçapt
dc.description.abstractA Teoria da Autodeterminação e os seus benefícios têm sido um dos principais temas abordados na área da Psicologia do Exercício. Porém, poucos estudos têm tido em conta a frustração das necessidades psicológicas básicas e as suas consequências. Assim, o principal objetivo deste estudo foi verificar se existia uma associação entre a frustração das necessidades psicológicas básicas para as aulas de Educação Física (EF) e os níveis de atividade física atual dos inquiridos. Tentou-se, também, perceber se o facto de a nota de Educação Física contar ou não para a média de acesso ao ensino superior teria impacto na frustração das necessidades e na atividade física. A amostra foi constituída por 195 indivíduos que tinham de ter concluído o ensino secundário há, no máximo, 6 anos (inclusive). Para aferir a frustração das necessidades básicas e a atividade física foram utilizados instrumentos validados internacionalmente. Conduziramse correlações de Pearson e testes t. Constatou-se, de uma forma geral, que os alunos em que a disciplina de EF contava para a média apresentaram valores significativamente mais baixos na atividade física vigorosa atual. Verificou-se, também, que, globalmente, quanto maior a frustração da necessidade de competência, mais baixos eram os níveis da atividade física vigorosa praticada atualmente. Os resultados sugerem que a frustração da necessidade de competência poderá exercer uma maior influência nos níveis de atividade física atual do que a frustração das necessidades de autonomia ou relacionamento positivo, independentemente de a classificação de EF contar ou não para a média. Será importante que os professores encontrem estratégias adequadas para promover maior perceção de competência nos jovens e despertar o seu interesse, para que os mesmos se sintam cada vez mais ligados à prática do exercício físico.pt
dc.description.abstractSelf-determination theory and its benefits have been one of the main topics addressed in the area of Exercise Psychology. However, only a few studies have analysed besic psychological needs’ frustration and its consequences. Therefore, the main goal of this study was to verify the connection between the frustration of basic psychological needs in Physical Education (PE) and the current levels of physical activity performed by ex-students. Additionally, we explored if the inclusion of Physical education grades in the average for entering university was related to need frustration and current physical activity. The sample included 195 students that have finished their high school over the last 6 years. Internationally validated questionnaires were used to assess needs’ frustration and physical activity. Pearson correlations and t-tests were conducted. Results showed that when PE was considered in the average grade to enter the university, students had significantly lower levels of vigorous physical activity. It was also found that, overall, the greater the frustration of competence, the lower the levels of current levels of vigorous physical activity. Results suggest that competence frustration in PE might have a greater influence in current physical activity levels than the frustration of autonomy or relatedness, regardless of the PE grade being considered or not for the final average. It will be important that teachers develop adequate strategies to promote students’ competence and interest, so that they feel more connected to physical activity.en
dc.formatapplication/pdf
dc.language.isoporpt
dc.rightsopenAccess
dc.subjectMESTRADO EM ENSINO DA EDUCAÇÃO FÍSICA NOS ENS. BÁSICO E SECUNDÁRIOpt
dc.subjectEDUCAÇÃO FÍSICApt
dc.subjectTEORIA DA AUTODETERMINAÇÃOpt
dc.subjectFRUSTRAÇÃOpt
dc.subjectEXERCÍCIO FÍSICOpt
dc.subjectATIVIDADE FÍSICApt
dc.subjectESTUDOS DE CASOpt
dc.subjectPHYSICAL EDUCATIONen
dc.subjectSELF-DETERMINATION THEORYen
dc.subjectFRUSTRATIONen
dc.subjectPHYSICAL EXERCISEen
dc.subjectPHYSICAL ACTIVITYen
dc.subjectCASE STUDIESen
dc.subjectDESPORTOpt
dc.subjectSPORTen
dc.titleFrustração das necessidades psicológicas básicas na educação física e associação com a atividade física atualpt
dc.typemasterThesisen
dc.identifier.tid201755351pt
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Ensino da Educação Física nos Ens. Básico e Secundário

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese final com juri luis cardoso.pdfDissertação de Mestrado464.65 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.