Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/8258
Título: Pancreatite aguda canina : descrição de casos clínicos
Autores: Noiva, Rute, orient.
Reis, Marta Lima Petinga Simões dos
Palavras-chave: MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA VETERINÁRIA
MEDICINA VETERINÁRIA
VETERINÁRIA
DOENÇAS DO SISTEMA DIGESTIVO
PANCREATITE
CASOS CLÍNICOS
CANÍDEOS
CÃES
VETERINARY MEDICINE
DIGESTIVE SYSTEM DISEASES
PANCREATITIS
CASE REPORTS
CANIDS
DOGS
Data: 2017
Resumo: O presente relatório refere-se a um estágio curricular realizado entre 1 de Outubro de 2015 e 31 de Março de 2016, em clínica de pequenos animais no Hospital Veterinário de Lisboa. É exposta a casuística acompanhada, uma revisão bibliográfica sobre pancreatite aguda canina e descritos três casos clínicos com posterior discussão. A pancreatite é a doença mais frequente do pâncreas exócrino em cães, surgindo quando pelo menos uma destas três anomalias ocorre: refluxo do conteúdo duodenal para o pâncreas, libertação de grânulos de pro-enzimas dentro do pâncreas ou diminuição dos níveis de inibidores da protease. Cerca de 90% das pancreatites diagnosticadas tem etiologia desconhecida. O diagnóstico da pancreatite é complexo e a combinação de anamnese compatível, um exame físico detalhado, a medição da imunorreactividade da lipase pancreática canina e o exame ecográfico do órgão, é a melhor abordagem para um diagnóstico não invasivo. O prognóstico da doença, em casos ligeiros é bom, mas reservado em casos graves. A abordagem terapêutica é essencialmente sintomática. Os casos clínicos descritos referem-se ao Zeca, à Zara e ao Lucas, posteriormente diagnosticados com pancreatite aguda e ao seu acompanhamento no hospital.
This report refers to a traineeship held between 1st October 2015 and 31st March 2016 in small animal clinic at the Veterinary Hospital of Lisbon and presents the accompanied caseload, a literature review on acute canine pancreatitis and three clinical cases with further discussion. Pancreatitis is the most common disease of the exocrine pancreas in dogs, arising when at least one of these three anomalies occurs: reflux of duodenal content into the pancreas, release of pro-enzyme granules into the pancreas or reduction in the levels of protease inhibitors. About 90% of diagnosed pancreatitis is of unknown etiology. The diagnosis of pancreatitis is challenging, and a combination of a complete and compatible history, detailed physical examination, measurement of canine pancreatic lipase immunoreactivity and ultrasound examination of the organ, is the best approach for a non-invasive diagnosis. In mild cases the prognosis of this disease is good, but reserved in severe cases. The therapeutic approach is essentially symptomatic. The clinical cases described here refer to Zeca, Zara and Lucas, later diagnosed with acute pancreatitis, and respective follow-up at the hospital.
Descrição: Orientação: Rute Noiva
URI: http://hdl.handle.net/10437/8258
Aparece nas colecções:BIBLIOTECA - Dissertações de Mestrado
Mestrado Integrado em Medicina Veterinária

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Temporario.pdfDISSERTAÇÃO DE MESTRADO12.34 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.