Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/7959
Título: O diário gráfico como estratégia de aprendizagem em busca da autonomia : um estudo de caso com alunos do 7º e 8º ano
Autores: Marques, Inês Maria Andrade, orient.
Lopes, Andreia Caetano
Palavras-chave: MESTRADO EM ENSINO DAS ARTES VISUAIS NO 3.º CICLO DO ENS. BÁSICO E SECUNDÁRIO
ARTES VISUAIS
ENSINO DE ARTES VISUAIS
APRENDIZAGEM
AUTONOMIA
EDUCAÇÃO VISUAL
ENSINO
ESTRATÉGIAS DE ENSINO
ESTUDOS DE CASO
VISUAL ARTS
VISUAL ARTS TEACHING
VISUAL EDUCATION
TEACHING
TEACHING STRATEGIES
CASE STUDIES
Data: 2016
Resumo: O presente estudo explora o diário gráfico como ferramenta pedagógica no ensino das artes visuais, no âmbito da disciplina de Educação Visual, levando em conta o pensamento de vários autores que se dedicaram a temas da educação artística, à importância das artes, ao desenvolvimento do adolescente, ao desenho e ao objeto desta investigação: o diário gráfico. O estudo empírico desta dissertação visa aclarar as potencialidades do diário gráfico em contexto de sala de aula e fora desta. Tem por objetivos testar o diário gráfico enquanto meio para aumentar a autonomia dos alunos na escolha dos temas e na gestão da assiduidade dos registos gráficos, bem como meio para desenvolver qualidades técnicas e expressivas dos seus desenhos. A presente pesquisa foi desenvolvida com duas turmas de 7º e 8ºAno na disciplina de Educação Visual, com base na unidade didática – Diário Gráfico. Esta unidade teve como objetivo explorar vários métodos e técnicas, com o intuito de promover o progresso dos trabalhos dos alunos. A análise dos dados revela que as práticas pedagógicas em causa contribuem para um melhoramento do desempenho dos alunos ao nível das suas competências, no que diz respeito á autorregulação dos seus trabalhos. Pretende-se que a abordagem do diário gráfico num ponto de vista pedagógicodidático, constitua um contributo para o enriquecimento da disciplina de Educação Visual, bem como para a melhoria das práticas e métodos dos professores que a lecionem.
The present study explores the graphic diary as a pedagogical tool in visual arts teaching within the scope of the Visual Education discipline, taking into account the thinking of several authors who have dedicated themselves to themes of artistic education, to the importance of the arts, to the development of the adolescent, to the drawing and object of this investigation: the graphic diary. The empirical study of this dissertation aims at clarifying the potentialities of the graphic diary inside and outside the classroom context. The intention is to verify the graphic diary at the level of the technical and expressive quality, as well as the level of autonomy, that the student can present in the choices of the subjects and in the management of the attendance of the graphic registers. The present research was developed based on two classes of 7th and 8th year in the discipline of Visual Education, based on didactic unit – Graphic Diary. This unit aimed to explore various methods and techniques, in order to promote the progress of students' work. The analysis of the data shows that the pedagogical practices in question contribute to an improvement in the performance of pupils at the level of their competences, as regards self-regulation of their work. It is intended that the approach of the graphic journal in a pedagogical-didactic point of view, constitutes a contribution to the enrichment of the Visual Education discipline, as well as to the improvement of the practices and methods of the teachers who teach it.
Descrição: Orientação: Inês Maria Andrade Marques
URI: http://hdl.handle.net/10437/7959
Aparece nas colecções:BIBLIOTECA - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Ensino das Artes Visuais no 3.º Ciclo do Ens. Básico e Secundário

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ANDREIA CAETANO LOPES.pdfDissertação de Mestrado49.72 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.