Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/7829
Título: Perfis de conflito coparental em mães: diferenças na sintomatologia depressiva e somática
Autores: Lamela, Diogo, orient.
Ferreira, Juliana Gameiro
Palavras-chave: MESTRADO EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE
PSICOLOGIA
PSYCHOLOGY
PSICOLOGIA CLÍNICA
CLINICAL PSYCHOLOGY
CONFLITOS PARENTAIS
PARENTAL CONFLICTS
DEPRESSÃO
DEPRESSION
MÃES
MOTHERS
Data: 2016
Resumo: A investigação recente tem vindo a demonstrar que o conflito coparental é um preditor significativo de sintomatologia depressiva e somática em mães. No entanto, até à data nenhum estudo examinou em simultâneo as diferenças na sintomatologia depressiva e somática em função de perfis de conflito coparental. A atual investigação procurou identificar, através de uma análise de clusters, perfis de conflito coparental em mães (N=653) e examinar se existem diferenças ao nível da sintomatologia depressiva e somática. Foram identificados três clustersdeconflito coparental:conflito aberto (CCA), conflito coberto (CCC) e sem conflito coparental (SemCC). O grupo CCA mostrou níveis mais elevados de sintomatologia depressiva do que os grupos CCC e SemCC. Os grupos CCA e CCC não se distinguiram ao nível da sintomatologia somática, apresentando níveis mais elevados de sintomas somáticos do que o grupo SemCC.Para confirmar estes dados, testou-se, de seguida, se seria possível identificar trêsclusters de conflito coparental e sintomas depressivos e somáticos: sem sintomas (SSint), apenas sintomas depressivos (SDep) e elevados sintomas depressivos e somáticos (SDSom). O grupo SDSom apresenta níveis mais elevados de sintomatologia depressiva e somática do que os grupos SDep e SSint, estando associado ao conflito coparental aberto. O grupo SDep apresenta níveis mais elevados de sintomas depressivos, estando também relacionado com o conflito coparental aberto. Adicionalmente, constatou-se que o conflito coparental aberto está associado a uma maior probabilidade de sintomas depressivos somáticos do que apenas de sintomas depressivos.
Recent research has been shown that the coparental conflict is a significant predictor of depressive symptomatology and somatic, in mothers. However, since the beginning any study has examined simultaneously the differences in depressive symptomatology and somatic in function of profiles of coparental conflict. The present research sought to identify, through an analysis of clusters, profiles of coparental conflict in mothers (N=653) and examine whether there are differences in the depressive symptomatology and somatic. We identified three clusters of coparental conflict: overt conflict (CCA), covert conflict (CCC) and without coparental conflict (SemCC). The CCA group has showed higher levels of depressive symptoms than either the CCC andSemCC. The CCA and CCC groups doesn’t distinguish themselves at the level of symptomatology somatic, showing higher levels of somatic symptoms than the SemCC group. To confirm these data, have been tested, afterif it’s possible to identify, three clusters of coparental conflict and depressive symptoms and somatic effects: no symptoms (SSint), only depressive symptoms (SDep) and elevated depressive symptoms and somatic (SDSom). The SDSom group has higher levels of depressive symptomatology and somatic than the groups SDep and SSint, being associated with the overt coparental conflict. The SDepgroup presents more elevated levels of depressive symptoms, being also related to the overt coparental conflict. Additionally, it was noted that the overt coparental conflict was associated with a higher probability of depressive somatic symptoms effects of which only depressive symptoms.
Descrição: Orientação: Diogo Lamela
URI: http://hdl.handle.net/10437/7829
Aparece nas colecções:BIBLIOTECA - Dissertações de Mestrado
Mestrado Em Psicologia Clínica e da Saúde

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Juliana Gameiro Ferreira - Dissertação.docx180.85 kBUnknownVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.