Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/7580
Título: Violência doméstica: a presença de traços psicopáticos em agressores condenados
Autores: Pechorro, Pedro, orient.
Oliveira, Ana Rita Cardoso de
Palavras-chave: MESTRADO EM PSICOLOGIA FORENSE E EXCLUSÃO SOCIAL
PSICOLOGIA
PSICOLOGIA DO TESTEMUNHO
PSICOPATIAS
AGRESSIVIDADE
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
VITIMOLOGIA
PSYCHOLOGY
PSYCHOLOGY OF TESTIMONY
PSYCHOPATHIES
AGGRESSIVENESS
DOMESTIC VIOLENCE
VICTIMOLOGY
PSICOLOGIA FORENSE
FORENSIC PSYCHOLOGY
Data: 2016
Resumo: A presente investigação pretende estudar a existência de traços psicopáticos e a sua relação com os níveis de agressividade praticados em sujeitos condenados por violência doméstica, bem como analisar a relação entre as consequências na vítima e as características do agressor. Para este efeito é apresentada uma revisão de literatura sobre o tema, focando assuntos como a prisão, o crime, tipologias estudadas a nível internacional e problemáticas associadas ao agressor. De modo a cumprir os objetivos propostos recorreu-se a uma amostra de 71 reclusos condenados por violência doméstica dos Estabelecimentos Prisionais de Carregueira, Lisboa e Setúbal. Através dos resultados obtidos verificou-se que os traços mais predominantes na personalidade dos sujeitos são a insensibilidade afetiva e o narcisismo, estando estes relacionados com os níveis de agressividade praticados. Apurou-se, ainda, a existência de uma relação positiva entre o consumo de substâncias e outros traços psicopáticos mais fracos, como o maquiavelismo, o estilo de vida errático e o comportamento antissocial. Embora a amostra em estudo não seja representativa da população reclusa, estes resultados permitem uma abordagem inicial acerca daquilo que é conhecido sobre o agressor português, deixando em aberto janelas para o desenvolvimento de investigações futuras nesta área.
This research aims to study the existence of psychopathic traits and their relationship to the levels of aggression practiced in subjects convicted of domestic violence. It also analyses the relationship between the impact on the victim and the offender’s characteristics. In order to meet the proposed targets (using a sample of 71 inmates convicted of domestic violence in Prisons of Carregueira, Lisbon and Setúbal), a literature review is presented on the topic, focusing on issues such as the prison, the crime types studied internationally and problems associated with the aggressor. Throughout the obtained results, it was found that the most prevalent traits in the personality of the subjects are the affective insensitivity and narcissism, and these are related to the prevailing levels of aggression. There is also a positive relationship between substance use and other weaker psychopathic traits, as Machiavellianism, the style of erratic life and antisocial behaviour. Although the study sample is not representative of the prison population, these results allow an initial approach about what is known about the Portuguese attacker, leaving opportunities for the development of future research in this area.
Descrição: Orientação: Pedro Pechorro
URI: http://hdl.handle.net/10437/7580
Aparece nas colecções:BIBLIOTECA - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Psicologia Forense

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE_Final com júri.pdfDissertação de Mestrado1.69 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.