Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/6972
Título: O impacto das práticas de gestão de recursos humanos na motivação dos colaboradores da Administração Pública Cabo-verdiana
Autores: Reis, Felipa Cristina Henriques Rodrigues Lopes dos
Dias, Damasceno
Alves, Maria Serafina
Palavras-chave: GESTÃO
GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
MOTIVAÇÃO PROFISSIONAL
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
GESTÃO PÚBLICA
CABO VERDE
MANAGEMENT
HUMAN RESOURCES MANAGEMENT
PROFESSIONAL MOTIVATION
PUBLIC ADMINISTRATION
PUBLIC MANAGEMENT
Data: 2015
Editora: Edições Universitárias Lusófonas
Resumo: A busca de uma nova gestão pública, que procure prestar serviços ao cidadão com qualidade e eficiência tem sido o alvo a ser alcançado pelo Estado contemporâneo, sendo por isso estratégico o estudo das pessoas dentro das organizações públicas. A adoção de uma gestão pública focada na qualidade requer mudanças na cultura organizacional, exigindo principalmente motivação, que conduz ao esforço, dedicação, persistência e comprometimento. Motivação envolve sentimentos de realização e de reconhecimento profissional, manifestado por meio de exercícios das tarefas e atividades que oferecem um desafio e um significado suficiente para o trabalho. Este trabalho pretende investigar a motivação como uma ferramenta para alcançar a produtividade e a excelência no desempenho das atividades na Administração Pública cabo-verdiana e em que medida as práticas de gestão de Recursos Humanos contribuem para a motivação. Para alcançar o objectivo deste trabalho, fez-se uma pesquisa bibliográfica sobre a Administração dos Recursos Humanos e sobre as diversas teorias relacionadas com a motivação para o trabalho nas organizações. Utilizou-se o método inquisitivo baseado num questionário para se obter dados referentes à motivação dos funcionários da Administração Pública e entrevistas aos gestores de Recursos Humanos de diversos Ministérios. Os resultados indicaram que uma gestão efetiva dos Recursos Humanos na Administração Pública é urgente, requerendo mecanismos de responsabilização, seguimento e avaliação. É importante, contudo, ter presente a especificidade da gestão pública em relação ao sector privado, que aponta para a existência de fatores de maior complexidade tais como as relações com as políticas públicas, as relações com grupos de interesses diversos, a pressão da sociedade, ou o menor uso de incentivos materiais, mas também, para outros fatores, como a própria noção de serviço público. Estes fatores devem ser explorados, como forma de garantir uma maior dinâmica de funcionamento.
URI: http://hdl.handle.net/10437/6972
ISSN: 2183-5845
Aparece nas colecções:R-LEGO - Revista Lusófona de Economia e Gestão das Organizações. nº 01 (2015)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
KIK.pdf234.53 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.