Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/6352
Título: Contribuição do tratamento com fármacos antiepiléticos para o declínio cognitivo na epilepsia
Autores: Nicolai, Marisa Helena Fonseca, orient.
Teixeira, Liliana Sofia Martins
Palavras-chave: FARMACOLOGIA
MESTRADO INTEGRADO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS
EPILEPSIA
MEDICAMENTOS
PHARMACOLOGY
EPILEPSY
DRUGS
TRATAMENTOS FARMACOLÓGICOS
PHARMACOLOGICAL TREATMENTS
CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS
PHARMACEUTICAL SCIENCES
ANTIEPILÉTICOS
ANTI-EPILEPTIC DRUGS
Data: 2015
Resumo: A epilepsia é uma das doenças neurológicas mais graves e prevalentes que afeta todas as idades. É um distúrbio anormal da atividade elétrica do cérebro, caraterizado pela ocorrência de convulsões intermitentes, imprevisíveis de forma repetitiva. As suas crises epiléticas são classificadas de acordo com a classificação adotada pela Liga Internacional Contra Epilepsia (LICE). O tratamento ideal visa o controlo completo das crises sem ocorrência de efeitos secundários por parte dos antiepiléticos. Os fármacos antiepiléticos caracterizam-se por atuarem nos neurónios, em quatro locais específicos: nos neurónios que são, canais de sódio, cálcio, potássio e sobre os neurotramissores do GABA (ácido gama-aminobutírico). Ao longo deste trabalho é possível observar a evolução dos fármacos antiepiléticos usados no tratamento da epilepsia. Sendo um dos problemas do seu tratamento, o aparecimento de doentes resistentes à terapêutica, que desenvolvem as designadas crises refratárias, que comprometem o estilo de vida do doente, aumentando do risco de morte súbita. A elaboração desta dissertação remete para um trabalho de revisão bibliográfica, que visa compreender a etiologia da epilepsia, bem como as medidas farmacológicas usadas no seu tratamento, abordando, deste modo, a importância do tratamento farmacológico, bem como alguns dos problemas associados ao aparecimento das crises refratárias.
Epilepsy is one of the most serious and prevalent neurological disease that affects all ages. It is a disorder of anormal electrical activity of the brain, characterized by the occurrence of intermittent seizures, unpredictable repetitively. His seizures are classified according to the classification adopted by the International League Against Epilepsy. Your ideal treatment is aimed at the complete seizure control without occurrence of side effects from the antiepileptic. Antiepileptic drugs are characterized by acting in four specific sites on neurons: sodium channels, calcium, potassium and neurotransmitters on gamma-aminobutyric acid (GABA). Throughout this paper it is possible to observe the evolution of antiepileptic drugs used to treat epilepsy. As one of its treatment problems, the emergence of resistant patients to therapy, developing the so-called refractory seizures that compromise the patient's lifestyle and increase the risk of sudden death. The preparation of this work refers to a work literature review. That aims to understand the etiology of epilepsy and the pharmacological mediated used in its treatment. Thereby addressing the importance of drug therapy as well as some of the problems associated with the development of refractory seizures.
Descrição: Orientação: Marisa Helena Fonseca Nicolai
URI: http://hdl.handle.net/10437/6352
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Epilepsia versao final (24.04.2015) Liliana Teixeira.pdfDissertação de Mestrado461.55 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.