Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/621
Título: Mentores, Tutores e redes masculinas dominantes nas organizações
Autores: Reis, Helena Santos
Palavras-chave: COMUNICAÇÃO
SOCIOLOGIA ORGANIZACIONAL
SOCIOLOGIA DO TRABALHO
SOCIOLOGIA DO GÉNERO
COMMUNICATION
SOCIOLOGY OF ORGANIZATIONS
SOCIOLOGY OF WORK
SOCIOLOGY OF GENDER
SOCIOLOGIA
SOCIOLOGY
Data: 2002
Editora: Edições Universitárias Lusófona
Resumo: Neste estudo começaremos por avaliar as estruturas materiais e simbólicas que facilitam ou dificultam as carreiras profissionais de mulheres nas organizações, como sejam o apadrinhamento individualizado (tutoria ou mentoring) ou, ainda, as redes masculinas de entreajuda e protectorado (homofilia). Esta é, na verdade, uma questão que se coloca a ambos os sexos mas que nos parece mais delicada para as mulheres, pois são estas, mais do que os homens, que acabam por conhecer o verdadeiro sentido dos “tectos de vidro”, ou seja, os múltiplos constrangimentos, nem sempre óbvios, que dificultam a sua mobilidade profissional. Recorreremos frequentemente a um estudo que realizámos em 2000 com agências de viagens, um sector da indústria do turismo com forte impacto na economia, e no qual procurámos compreender por que são tão acentuados os desequilíbrios no acesso e desenvolvimento de carreiras profissionais, nomeadamente à chefia de topo, por parte de mulheres.
In this paper we begin by evaluating some of the social structures which make the professional progression of women in organiza - tions easier or more difficult, such as the process of mentoring and homophily (i.e. tendency to form same-sex network relation - ships), two network mechanisms that operate to create and reinforce gender inequalities in the organizational distribuition of power. Although this can in fact be something that is confronted by both men and women, there is no doubt that women, more than men, end up knowing better the real meaning of the “glass ceilings” – the multiple constraints or restric - tions, sometimes invisible – which obstruct their professional progression. We will often refer to a study carried out in 2000 that is centred in the travel agency business, a very important sector for the economy of the tourism industry. Through this study, we tried to understand why is it so difficult for women to succeed in achieving leadership positions in their professional careers.
Descrição: Caleidoscópio : Revista de Comunicação e Cultura
URI: http://hdl.handle.net/10437/621
ISSN: 1645-2585
Aparece nas colecções:Caleidoscópio : Revista de Comunicação e Cultura nº 03 (2002)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
reis_mentorestutoresredes_#1de1.pdf85.82 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.