Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/5877
Título: Experiências adversas precoces e dinâmicas de regulação emocional em jovens adultos
Autores: Cabral, Joana, orient.
Pinto, Márcia Isabel Bigote Almeida
Palavras-chave: MESTRADO EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE
NEGLIGÊNCIA
NEGLIGENCE
ABANDONO
ABANDONMENT
EMOÇÕES NEGATIVAS
NEGATIVE EMOTIONS
VINCULAÇÃO
ATTACHMENT
MEMÓRIA
MEMORY
MEMÓRIA EMOCIONAL
EMOTIONAL MEMORY
PSICOLOGIA
PSYCHOLOGY
Data: 2014
Resumo: As experiências adversas precoces e o seu impacto são um tema já abordado em vários estudos e que tem vindo a alargar a sua investigação. Neste estudo em particular pretende-se verificar se as experiências adversas precoces podem ter impacto na idade adulta, na capacidade de regular as emoções perante situações vivenciadas. Para confirmação destes pressupostos realizaram-se correlações entre um conjunto de experiências adversas precoces (ACE), a rejeição e ameaça de abandono materno, as dimensões da regulação emocional (TMMS) e o relato de ausência de memória e integração da experiência negativa (PAAQ). As análises efetuadas permitiram confirmar o impacto das experiências adversas de negligência e abuso nas dimensões da regulação emocional. Verifica-se um maior impacto da situação de abuso, quando o abusador não é identificado, comparativamente com as situações em que o autor da experiência adversa é identificado. A ameaça de abandono e rejeição materna têm impacto relevante na dimensão de dificuldade de repressão defensiva, incapacitando-o de alterar a perceção negativa que tem sobre as emoções vivenciadas.
The early adverse experiences and their impact are a topic already addressed in several studies and that has been to broaden its investigation. In this particular study it is intended to verify if the early adverse experiences may have an impact in adulthood, in the ability to regulate the emotions by lived situations. For confirmation of these assumptions were made correlations between a set of early adverse experiences (ACE), the threat and rejection of maternal abandonment, the dimensions of emotional regulation (TMMS) and the reports of memory absence and negative experience integration (PAAQ). The analysis carried out allowed confirm the impact of adverse experiences of neglect and abuse in the dimensions of emotional regulation. There is a greater impact of the situation of abuse, when the offender is not identified, in comparison with the situations in which the author of the adverse experience is identified. The threat of maternal abandon and rejection has a relevant impact in the dimension of defensive repression and difficulty, making it unable to modify the negative perception over the lived emotions.
Descrição: Orientação: Joana Cabral
URI: http://hdl.handle.net/10437/5877
Aparece nas colecções:BIBLIOTECA - Dissertações de Mestrado
Mestrado Em Psicologia Clínica e da Saúde

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Experiencias Adversas Precoces e Dinâmicas de Regulação Emocional em Jovens Adultos.pdf2.09 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.