Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/5824
Título: Vinculação, locus de controlo e violência entre pares, em jovens
Autores: Carvalho, Marina, orient.
Lourenço, Sandra Maria Correia Diogo
Palavras-chave: PSICOLOGIA
PROBLEMAS COMPORTAMENTAIS
COMPORTAMENTO EMOCIONAL
VIOLÊNCIA
JOVENS
LOCUS DE CONTROLO
VINCULAÇÃO
MESTRADO EM PSICOLOGIA, ACONSELHAMENTO E PSICOTERAPIAS
PSYCHOLOGY
BEHAVIOUR PROBLEMS
EMOTIONAL BEHAVIOUR
VIOLENCE
YOUNG PEOPLE
LOCUS OF CONTROL
ATTACHMENT
TESTES PSICOLÓGICOS
SDQ
IAR
APQ
IVIA
CIMEI
PSYCHOLOGICAL TESTS
Data: 2013
Resumo: Com o objetivo geral de analisar a relação entre problemas emocionais e comportamentais, práticas parentais, vinculação e locus de controlo, em jovens foi estudado uma amostra não clínica composta por 100 participantes, 45 do género masculino, com uma média de idades de 12.76 anos (DP = 1.50) e 55 do género feminino, com uma média de idades de 12.89 anos (DP = 1.16), frequentando, em média, o 7º ano de escolaridade. Os resultados demonstraram que as jovens do género feminino relataram níveis mais elevados de problemas emocionais, problemas de conduta, vinculação ansiosa e evitante. Por sua vez, os jovens do género masculino apresentaram valores mais elevados de fraca monitorização. As comparações entre grupos para os problemas emocionais e comportamentais (vítimas, agressores e observadores) evidenciaram que as vítimas apresentaram mais problemas de conduta, hiperatividade e total de dificuldades. Os resultados obtidos foram analisados com base na literatura.
With the aim of analyzing the relationship between emotional and behavioral problems, parenting practices, attachement and locus of control in young, we studied a non clinical sample which comprised of 100 participants, 45 boys, with an average age of 12.76 years (SD = 1.50) and 55 girls, with an average age of 12.89 years (SD = 1.16), whom had overall school attendance until the 7th year. The results showed that young girls reported higher levels of emotional problems, behavior conduct problems, anxious and evitant attachment. In turn, young boys showed higher values of weak monitoring. Comparisons between the two groups regarding emotional and behavioral problems (victims, offenders and observers) revealed that the victims had higher behavioral problems, hyperactivity and overall general difficulties. The results were analyzed based on the literature.
Descrição: Orientação: Marina Carvalho
URI: http://hdl.handle.net/10437/5824
Aparece nas colecções:BIBLIOTECA - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Psicologia, Aconselhamento e Psicoterapias

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
SandraDiogo_Versão Final da Tese.pdfDissertação de Mestrado1.44 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.