Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/5300
Título: Estudo retrospetivo sobre potenciais fatores de risco para a diabetes mellitus canina
Autores: Queiroga, Felisbina, orient.
Almeida, Pedro Alexandre Morais de
Palavras-chave: VETERINÁRIA
DIABETES
DIABETES
OBESIDADE
OBESITY
CANÍDEOS
CANIDS
MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA VETERINÁRIA
CÃES
DOGS
ALIMENTAÇÃO ANIMAL
ANIMAL FEEDING
FATORES DE RISCO
RISK FACTORS
MEDICINA VETERINÁRIA
VETERINARY MEDICINE
Data: 2012
Resumo: Na última década vários estudos têm sido publicados sobre a patogénese da diabetes mellitus canina (DMC). A “revolução genética” e a necessidade de perceber o contexto epidemiológico da doença tem questionado os factores de risco e o resultado são mudanças estruturais no conhecimento e classificação da diabetes mellitus (DM) (Catchpole et al., 2008; Short, 2009 ) expostas na primeira parte da dissertação. Na segunda parte da dissertação é apresentado um estudo retrospetivo sobre cães diabéticos, com dados obtidos através do Médico Veterinário Assistente e registados em ficheiro clínico no período compreendido entre 2004 e 2012. Neste estudo estiveram envolvidos oito centros de atendimento médico-veterinários (CAMV). Reuniram-se 120 cães divididos em dois grupos, um grupo diabético com 60 cães e um grupo controle com 60 cães não diabéticos. O grupo controle foi escolhido para ser similar ao grupo de estudo em relação à idade, ao género, ao estado fértil e à raça. Foram analisados parâmetros não variáveis, entre os dois grupos, correspondentes a fatores de risco já provados como causais ou preditivos (Davison et al., 2005, Fall et al., 2007, Holder et al. , 2011). O resultado foi coincidente com os estudos anteriormente reportados com aparecimento mais frequente de DMC na fêmea, inteira, geriátrica e de certas raças. A análise dos parâmetros variáveis (obesidade, alimentação, doenças concomitantes e tratamento anterior com glucocorticoides) teve como objectivo verificar os fatores de risco questionados na actualidade na DMC (Guptill et al., 2003; Klinkenberg et al., 2006; Wejdmark et al., 2011). Neste estudo, a presença de DMC aparece associada a alimentação comercial. Não foi possível, vincular a obesidade com a presença de DMC ou com o tipo de alimentação. Foi estudado o comportamento da doença nomeadamente perante o tratamento anterior com glucocorticóides e a presença de doenças concomitantes. Não ficou provada uma associação entre a presença destes dois fatores e o aparecimento da DMC.
I n the last decade , several studies have been published about the pathogenesis of th e canine diabetes mellitus (CDM) . The “genetic revolution” and the need of understanding the epidemiologic context of the disease has questioned the contribution of the risk factors resulting in structural changes of diabetes mellitus (DM) knowledge an d classification (Catchpole et al ., 200 8; Short, 2009) which are presented on the first part of the dissertation. In the second part of the dissertation , we present a retrospective stud y about diabetic dogs, with data obtained by the veterinary and registered on clinic file from 2007 to 2012. . On this study were involved eight veterina rian medical care centres. The study is composed by 120 dogs gathered in two groups: a group of 60 diabe tic dogs and a control group of 60 non - diabetic dogs. The control group was chosen to be similar to the diabetic group on age , gender, fertile state and breed. Non variable parameters were analysed, between the two groups, corresponding to factors already proven as causal or predictive ( Davison et al. , 2005 ; Fall et al. , 2007; Holders et al. , 2011, The result was similar to previous reported studies with more frequent appearance of CDM on the entire and geriatric female and of certain breeds. The analysis of the variable parameters (o besity , diet, concomitant diseases, earlier treatment with glucocorticoids ) had the aim to verify the risk factors currently suspected to be involved on canine diabetes mellitus (Guptill et al. , 2003 ; Klinkenberg et al. , 2006; Wejdmark et al. , 2011 ). On this study, the presence of canine diabetes mellitus is associated with commercial diet . It was not possible to link o besity with the presence of canine diabetes mellitus or with the type of diet . We also studied the behaviour of the disease, namely the earlier treatment with glucocorticoids and the presence of concomitant diseases. The study did not prove an association between the presence of these two factors and the onset of DMC.
Descrição: Orientação : Felisbina Queiroga ; co-orientação : Ana Oliveira
URI: http://hdl.handle.net/10437/5300
Aparece nas colecções:BIBLIOTECA - Dissertações de Mestrado
Mestrado Integrado em Medicina Veterinária

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÂO DOCUMENTO FINAL.pdf1.46 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.