Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/5073
Título: Responsabilidade social e percepção do risco de acidentes de trabalho: estudo com motoristas e instrutores de condução
Autores: Loureiro, Ana, orient.
Dias, Catarina Alexandra Guerreiro Marques
Palavras-chave: PSICOLOGIA
PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL
RESPONSABILIDADE SOCIAL
RISCOS PROFISSIONAIS
ACIDENTES DE TRABALHO
PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO
FORMAÇÃO
PSYCHOLOGY
ORGANIZATIONAL PSYCHOLOGY
SOCIAL RESPONSIBILITY
OCCUPATIONAL RISKS
WORK RELATED ACCIDENTS
OCCUPATIONAL ACCIDENTS PREVENTION
TRAINING
MESTRADO EM PSICOLOGIA DO TRABALHO EM CONTEXTOS INTERNACIONAIS E INTERCULTURAIS
Data: 2013
Resumo: A presente dissertação pretende contribuir para o estudo da percepção das estratégias e políticas de Responsabilidade Social dentro das empresas. Ao abordar este conceito pretende-se obter uma compreensão mais profunda da percepção que os colaboradores de uma determinada empresa têm acerca do seu desempenho tanto ao nível interno como externo da responsabilidade social, bem como tentar compreender de que modo se relaciona com a percepção de risco de acidentes de trabalho. No presente estudo foram questionados cento e sessenta e dois indivíduos, trabalhadores no sector da instrução de condução e motoristas de passageiros. O questionário era composto pelas escalas: Percepção de Responsabilidade Social, Percepção de Acidentes de Trabalho, várias questões relacionadas com a exposição ao factor risco, um conjunto de questões relacionadas com a probabilidade de ocorrência de acidentes de trabalho, e algumas questões de segurança e legislação laboral. A hipótese é, verificar se quando maior são as práticas de responsabilidade social nas três dimensões (colaboradores, ambiente e comunidade e económica), menor vai ser a percepção de risco de acidentes de trabalho. Através dos resultados obtidos verifica-se que quanto maior forem as práticas de Responsabilidade Social por parte da empresa, face ao bem-estar dos colaboradores, menor é a percepção de risco e acidentes de trabalho. Neste sentido a Responsabilidade Social contribui para o bem-estar no contexto do trabalho.
This thesis aims to contribute to the study of perception of the strategies and policies of social responsibility within companies. In addressing this concept is intended to seek a deeper understanding of the perception that employees of a particular company have about your performance both internally and externally of social responsibility, as well as trying to understand how it relates to the perception of risk of workplace accidents. In the present study were inquire one hundred sixty-two individuals, workers in the driving instruction and drivers of passengers. The questionnaire consisted of the scales: Perceived Social Responsibility, Perception of Accidents, several issues related to risk exposure factor, a set of issues related to the probability of accidents, and some security issues and legislation labor. The hypothesis is, verify what most are the practices of social responsibility in all three dimensions (employees, environment and community and economic), the lower will be the perceived risk of accidents. From the results obtained it appears that the higher the practices of social responsibility for the company, given the well-being of employees, the lower the perception of risk and accidents. In this sense social responsibility contributes to the well-being in the workplace.
Descrição: Orientadora: Ana Loureiro
URI: http://hdl.handle.net/10437/5073
Aparece nas colecções:BIBLIOTECA - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Psicologia do Trabalho em Contextos Internacionais e Interculturais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE PARTE ESCRITA6_CATARINA_DIAS 2.pdfDissertação de Mestrado808.64 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.