Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/4898
Título: Vinculação, personalidade e depressão
Autores: Salvaterra, Fernanda, orient.
Souza, Raquel Soares de
Palavras-chave: PSICOLOGIA
DEPRESSÃO
VINCULAÇÃO
BFI (INVENTÁRIO...)
BDI (INVENTÁRIO DE DEPRESSÃO...)
PSYCHOLOGY
PERSONALITY
DEPRESSION
ATTACHMENT
PERSONALIDADE
MESTRADO EM PSICOLOGIA, ACONSELHAMENTO E PSICOTERAPIAS
TESTES PSICOLÓGICOS
PSYCHOLOGICAL TESTS
Data: 2013
Resumo: Através da teoria da Vinculação, desenvolvida a partir dos trabalhos de Bowlby e Ainsworth, atualmente reconhece-se a importância da qualidade da vinculação e a sua influência nos processos desenvolvimentais, emocionais e motivacionais do indivíduo (Monteiro, 2009). Sob a luz dessa teoria, o presente estudo exploratório teve por objetivo verificar a associação dos padrões de vinculação aos traços de personalidade e o humor depressivo. A amostra foi constituída por 200 estudantes universitários provenientes de duas universidades em Lisboa, sendo 113 mulheres e 87 homens com média de idade de 23.74. No intuito de avaliar os padrões de vinculação, foi utilizado a Escala de Vinculação do Adulto (EVA). Para identificar os traços de personalidade aplicou-se o inventário Big Five Inventory (BFI) e na avaliação da depressão utilizou-se o Inventário de Depressão de Beck (BDI). Os resultados indicam que existe associação positiva entre Conforto-Confiança e a extroversão, a amabilidade, bem como uma relação negativa com o humor depressivo. Relativamente ao padrão ansioso, verificou-se que este relaciona-se a um alto nível de conscienciosidade e neuroticismo e ainda está associado a valores mais elevados de depressão.
Through Attachment theory, developed by Bowlby and Ainsworth´s studies, nowadays is known the importance of attachment´s quality and its influence on the subject´s development, emotional and motivational process (Monteiro, 2009). Under this theory, the current study aims to verify the association of attachment´s patterns to the personality traits and depressed moods. The sample of this study was constituted by 200 students from two different universities in Lisbon; 113 women and 87 men with an average age of 23.74. In order to assess attachment pattern, Adult Attachment Scale-R (AAS-R) was used. To identify the personality traits the Big Five Inventory was applied and an inventory for measuring depression; Beck Depression Inventory (BDI). The results indicate there are positive associations between the attachment pattern Comfort-Confidence and extraversion, agreeableness, and it also show a negative relation with depressed moods. Relatively, the Anxiety pattern was verified to be related to a high level of conscientiousness and neuroticism, and also associated to higher levels of depression. KeyWords: Attachment,
Descrição: Orientação: Fernanda Salvaterra
URI: http://hdl.handle.net/10437/4898
Aparece nas colecções:BIBLIOTECA - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Psicologia, Aconselhamento e Psicoterapias

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertaç...pdfDissertação de Mestrado621.96 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.