Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/3963
Título: Competências de Exploração Vocacional: um estudo com reclusos
Autores: Faria, Liliana da Costa, orient.
Marques, Sandra Liliana Lopes
Palavras-chave: PSICOLOGIA
GESTÃO
PSYCHOLOGY
MANAGEMENT
ORIENTAÇÃO VOCACIONAL
MESTRADO EM PSICOLOGIA SOCIAL E ORGANIZACIONAL
VOCATIONAL GUIDANCE
RECLUSOS
INMATES
Data: 2013
Resumo: A exploração vocacional tem sido um conceito estudado entre adolescentes, jovens adultos e adultos (Faria, 2008; Faria & Taveira, 2006; Faria, Taveira & Saavedra, 2008; Mota, 2010; Pinto, 2010; Silva, 2008; Silva, 2010). Com o objetivo de contribuir para compreensão da exploração vocacional noutro tipo de amostra, nomeadamente reclusos, foi desenvolvido um estudo onde se avaliam as competências da exploração vocacional numa amostra de 58 reclusos a cumprir pena num estabelecimento prisional regional da zona centro do país. Foi utilizado o questionário Career Exploration Survey (Taveira & Silva, 2010) de forma a avaliar as crenças de exploração, comportamentos de exploração e reações à exploração. São analisadas as diferentes subescalas do questionário e as relações entre estas e as variáveis sociodemográficas. Os resultados apontam no sentido que a idade e a duração da pena de prisão atuam como dificultadores da reinserção no mercado de trabalho e ocupação da posição profissional preferida. A idade revelou-se preditora de comportamentos exploratórios, enquanto que o estado civil revelou-se preditor dos níveis de stresse na população reclusa.
The vocational exploration has been a concept studied among adolescents, young adults and adults (Faria, 2008; Faria & Taveira, 2006; Faria, Taveira & Saavedra, 2008; Mota, 2010; Pinto, 2010; Silva, 2008; Silva, 2010) . Aiming to contribute to understanding of vocational exploration in another sample type, including inmates, a study was conducted in which we assess the competences of vocational exploration in a sample of 58 inmates serving time in a prison of the regional center of the country. A questionnaire was used Career Exploration Survey (Taveira & Silva, 2010) to assess the beliefs of exploration, exploration behaviors and reactions to the exploration. It analyzes the different subscales of the questionnaire and the relationship between these and sociodemographic variables. The results point towards that age and duration of imprisonment act as hindering the reintegration into the labor market and occupation of professional position preferred. The age proved to be a predictor of exploratory behavior, and the civil status proved to be a predictor of stress levels in the target population.
Descrição: Orientação: Liliana Faria
URI: http://hdl.handle.net/10437/3963
Aparece nas colecções:BIBLIOTECA - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Psicologia Social e Organizacional

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tesesandr...pdf393.17 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.