Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/1329
Título: As teorias da origem das espécies nos manuais escolares portugueses de Ciências Naturais (1905-1959)
Autores: Cavadas, Bento
Palavras-chave: MANUAIS ESCOLARES
CIÊNCIAS NATURAIS
TEORIAS DA ORIGEM DAS ESPÉCIES
EVOLUCIONISMO
TEXTBOOKS
ORIGIN OF SPECIES THEORIES
EVOLUTIONISM
Data: 2010
Editora: Departamento de Educação da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa
Citação: Cavadas, B. (2010). As teorias da origem das espécies nos manuais escolares portugueses de Ciências Naturais (1905-1959). Revista de Educação, 17 (1) 31-81.
Resumo: O ensino das teorias da origem das espécies no sistema de ensino liceal português ainda não está completamente esclarecido. Esta investigação visou contribuir para essa clarificação, ao mostrar o modo como os autores dos manuais de Ciências Naturais destinados ao ensino liceal, fizeram essa transposição, no período compreendido entre 1905 e 1959. Para tal, estudaram-se as perspectivas e as teorias da origem das espécies, os mecanismos e as provas do evolucionismo que apresentaram. Os resultados mostraram que a tipologia diversificada de mecanismos e de provas de evolução que transpuseram, evidencia que a argumentação em prol do evolucionismo continuou a dominar o discurso dos autores dos manuais desse período. Contudo, concorreram nesses manuais diversas explicações para a evolução das espécies, como o lamarckismo, o neolamarckismo, o darwinismo, o neodarwinismo, a ortogénese, o mutacionismo e o transformismo teísta. The teaching of the origin of species theories in the Portuguese secondary education hasn’t been completely clear yet. This investigation aimed to contribute to this clarification, showing the way the authors of secondary schools science textbooks, did that transposition, from 1905 to 1959. Therefore, there were studied the perspectives and the origin of species theories, the mechanisms and proves of evolutionism that they had presented. The results showed that the diverse typology of mechanisms and proves of evolution they had transposed, showed that the argumentation in favor of the evolutionism continued to domain the discourse of school textbooks authors from this period. However, there were many explanations in these textbooks for the evolution of species, such as Lamarckism, neoLamarckism, Darwinism, neoDarwinism, Orthogenesis, Mutationism and Theistic Evolutionism.
Descrição: http://revista.educ.fc.ul.pt/arquivo/vol_XVII_1/Artigo2_BentoCavadas_Form.pdf
URI: http://hdl.handle.net/10437/1329
Aparece nas colecções:CeiED - Artigos de Revistas Nacionais com Arbitragem Científica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Artigo2_BentoCavadas_Form.pdf436.96 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.