Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/12128
Título: A qualidade do serviço de apoio domiciliário no concelho de Vagos
Autores: Rodrigues, Miguel Oliveira, orient.
Santos, Gabriela Alexandra Marques
Palavras-chave: MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL - GESTÃO DE UNIDADES SOCIAIS E DE BEM-ESTAR
SERVIÇO SOCIAL
SOCIAL WORK
ENVELHECIMENTO
AGEING
APOIO DOMICILIÁRIO
DOMICILIARY CARE
GESTÃO DA QUALIDADE
QUALITY MANAGEMENT
SATISFAÇÃO DO CLIENTE
CLIENT SATISFACTION
Data: 2021
Resumo: Com o aumento da população idosa e, consequentemente, da procura por respostas sociais capazes de satisfazer as suas necessidades, é cada vez mais importante falar de qualidade e conhecer a qualidade dessas mesmas respostas. Esta investigação centra-se assim na gestão de qualidade, tendo como objetivo o de compreender a qualidade do Serviço de Apoio Domiciliário (SAD) no Concelho de Vagos, com base no grau de satisfação, na perspetiva dos clientes e na perspetiva dos colaboradores. Através da abordagem metodológica quantitativa, a recolha de dados inclui a aplicação do questionário de satisfação do SAD oficial da Segurança Social, a uma amostra 80 clientes e 50 colaboradores de nove instituições do Concelho de Vagos com SAD. Os questionários contêm 62 questões que se encontram divididas em cinco áreas: Instalações, Equipamentos e Sinalética; Fiabilidade/Credibilidade; Competência Técnica; Responsabilidade e recetividade; Atendimento e Comunicação. Alguns dos resultados mais relevantes obtidos permitem-nos afirmar que ambos os grupos da amostra avaliaram o SAD como elevado, sendo que os clientes apresentam uma média superior em quatro das cinco áreas, em comparação com os colaboradores, nomeadamente na área “Fiabilidade/Credibilidade”. As características sociodemográficas dos clientes que apresentam um grau de satisfação mais elevado do SAD, são do sexo masculino, com idade mais avançada (igual ou superior a 65 anos), com nível de escolaridade mais elevado (1º e/ou 2º ciclo), divorciados, que residem com agregado, e são independentes.
With the increase of elderly population and, consequently, the search for social answers capable of satisfying their needs, it is increasingly important to talk about quality and to know the quality of those same answers. Thus, this investigation focuses on quality management, and has the aim of understanding the quality of the Home Support Service (HSS) in the Municipality of Vagos, based on the degree of satisfaction, the perspective of customers and the perspective of employees. Through the quantitative methodological approach, the data collection includes applying the official Social Security HSS satisfaction quiz, to a sample of 50 clients and 80 employees from nine institutions in the Municipality of Vagos that have HSS. The quiz contains 62 questions, divided into five areas: Facilities, Equipment and Signage; Reliability/Credibility; Technical Competence; Responsibility and responsiveness; Attendance and Communication. Some of the most relevant results obtained allow us to state that both groups of the sample evaluated the HSS as high, with customers having a higher average in four of the five areas, compared to employees, namely in the “Reliability/Credibility” area. The sociodemographic characteristics of the clients who have a higher level of satisfaction in the HSS are male, older age (65 years old or more), with a higher level of education (1st and / or 2nd cycle), divorced, who live with aggregate, and are independent.
Descrição: Orientação: Miguel Oliveira Rodrigues
URI: http://hdl.handle.net/10437/12128
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Serviço Social - Gestão de Unidades Sociais e de Bem-Estar

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO FINAL - GABRIELA (1).pdfDissertação de Mestrado6.21 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.