Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/12027
Título: Influência do suporte social no funcionamento cognitivo em idosos portugueses
Autores: Oliveira, Jorge, orient.
Campos, Sarah Goulart Farias de Almeida
Palavras-chave: MESTRADO EM NEUROPSICOLOGIA APLICADA
PSICOLOGIA
NEUROPSICOLOGIA 
SUPORTE SOCIAL
COGNIÇÃO 
IDOSOS
SINTOMATOLOGIA
DEPRESSÃO
PERTURBAÇÕES DA MEMÓRIA
TESTES PSICOLÓGICOS
ESSS
PORTUGAL
PSYCHOLOGY
NEUROPSYCHOLOGY
SOCIAL SUPPORT
COGNITION 
ELDERLY
SYMPTOMATOLOGY
DEPRESSION 
MEMORY DISORDERS
PORTUGAL
Data: 2021
Resumo: Esta investigação teve como objetivo geral a verificação de uma associação entre a satisfação com o suporte social e a função cognitiva, mais especificamente teve como objetivo analisar o suporte social e avaliar a função cognitiva. Para isto 50 participantes responderam a um Questionário sociodemográfico, ao Montreal Cognitive Assessment, ao Inventário de depressão de Beck, à Frontal Assessment Battery, ao questionário de Satisfação com o Suporte Social e Questionário de Memória de Trabalho. Foi considerada a população com idade igual ou superior a 65 anos, e com ausência de história de perturbação neurológica/psiquiátrica, assim como de alterações visuais e auditivas. Os resultados encontrados indicam uma influência do suporte social nas queixas subjetivas de memória de trabalho quando a sintomatologia depressiva está controlada, isto é, quando a satisfação com o suporte social é deficitário e os níveis de depressão são elevados, mais serão as queixas subjetivas de memória de trabalho. Indicam, também, uma influência de sentido negativo entre a idade e os scores do MOCA e da FAB, e positiva entre a escolaridade e os scores do MOCA e da FAB. Conclui-se a necessidade de um trabalho preventivo e de suporte com os idosos, nomeadamente os que se encontram institucionalizados, uma vez que, uma estratégia preventiva auxilia na manutenção do funcionamento cognitivo.
This investigation aimed to verify an association between social support satisfation and cognitive function, more specifically it aimed to analyze satisfaction with social support and assess cognitive function. For this, 50 participants answered a sociodemographic questionnaire, the Montreal Cognitive Assessment, the Beck Depression Inventory, the Frontal Assessment Battery, the Social Support questionnaire and Working Memory questionnaire. The population aged 65 years or older, with no history of neurological/psychiatric disorders, as well as of uncorrected visual and/or motor changes, was considered. The findings indicate an influence of social support in working memory subjective complaints when depressive symptoms are controlled, that is, when social support satisfaction is deficient and depression levels are high, the more subjective complaints of working memory will be. Also, they indicate an influence of age and education on the MOCA and FAB scores. It concludes the need for preventive and supportive work with the elderly, especially those who are institutionalized, since a preventive strategy helps to maintain cognitive functioning.
Descrição: Orientação: Jorge Oliveira
URI: http://hdl.handle.net/10437/12027
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Neuropsicologia Aplicada

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao final Sarah Campos.pdfDissertação de Mestrado805.57 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.