Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/12007
Título: Os desafios da educação para o séc. XXI : o projeto piloto de inovação pedagógica na promoção do sucesso escolar de todos
Autores: Sanches, Isabel Rodrigues, orient.
Gil, ita Isabel Lourenço
Palavras-chave: DOUTORAMENTO EM EDUCAÇÃO
EDUCAÇÃO
EDUCATION
POLÍTICA EDUCATIVA
EDUCATIONAL POLICY
INOVAÇÃO
INNOVATION
PEDAGOGIA
PEDAGOGY
EDUCAÇÃO INCLUSIVA
INCLUSIVE EDUCATION
SUCESSO ESCOLAR
SCHOOL SUCCESS
DIFERENCIAÇÃO PEDAGÓGICA
PEDAGOGICAL DIFFERENTIATION
TECNOLOGIA
TECHNOLOGY
GESTÃO CURRICULAR
CURRICULAR MANAGEMENT
Data: 2021
Resumo: Emergem atualmente nas escolas públicas projetos inovadores que procuram promover o sucesso dos alunos, valorizando os seus interesses, motivações e potencialidades. Estamos na presença de uma geração que além de já nascer a manusear as tecnologias, deseja ser construtora da sua aprendizagem. Acresce uma necessidade de alterar o paradigma de escola tradicional e potenciar novas metodologias em sala de aula que podem vir a revelar-se úteis na motivação dos alunos e na efetivação das aprendizagens e na mobilização de competências essenciais para as necessidades emergentes do século XXI. Este estudo de caso analisou a implementação do Projeto Piloto de Inovação Pedagógica (PPIP), proposto pela DGE, numa escola pública. Este projeto, além de ter privilegiado o trabalho de projeto e de ter proposto uma nova forma conceber o currículo, fez uso das tecnologias com o projeto “Edulabs”, implementado em Portugal em 2014, pelo Ministério da Educação. O Projeto Piloto de Inovação Pedagógica iniciou-se com 9 medidas de intervenção no ano 2016/17 e no ano 2017/18 foram acrescentadas novas medidas, que obrigaram à alteração de metodologias em sala de aula e à gestão flexível do currículo por projeto e em grupos heterogéneos. São objetivos deste estudo compreender como o PPIP, com recurso à metodologia de projeto e ao uso das tecnologias, pôde contribuir para um ensino inclusivo e diferenciado potenciando o sucesso de todos os alunos. Como estudo preliminar, analisámos o Projeto Edulabs (2016/2017), na turma do 5º D, com 20 alunos. Para a recolha de dados utilizámos, neste primeiro estudo, a observação naturalista, a entrevista semiestruturada e questionários. Pelos instrumentos de monitorização das aprendizagens, nomeadamente pelas observações diretas do trabalho projeto, verificou-se melhoria do desempenho escolar de cada aluno. Em complemento a este estudo preliminar, alargámos a investigação à implementação do PPIP, em 2017/2018, em que se verificou a junção de uma turma do 6º (a anterior 5º D) com uma turma de 7º ano de escolaridade, cada uma delas com vinte alunos, para compreender como os alunos utilizam os sistemas tecnológicos e as metodologias de ensino e de aprendizagem, postos à sua disposição, e quais os resultados que daí advêm. O Projeto Piloto de Inovação Pedagógica abrangeu nesse ano piloto, as turmas 1º ciclo, 1ºH/2ºH; 4ºA/4ºB; as turmas de 2º ciclo, 5ºE/6ºE e as turmas de 3º ciclo 6ºD/7ºE. Este estudo de caso recaiu na turma PPIP 6ºD/7ºE e apresentou-se como um desafio ao aluno na construção ativa na construção da sua aprendizagem com recurso a estratégias diversificadas. Esta abordagem combinou o uso de tecnologia e o trabalho por projetos como recursos disponíveis, para que os alunos, pudessem, ao seu ritmo, encontrar a melhor resposta para construir conhecimento e apropriar-se das ferramentas e competências necessárias para integrar a sociedade do século XXI.
Currently, innovative projects are emerging in public schools that seek to promote the success of students, valuing their interests, motivations and potential. We are in the presence of a generation that, in addition to being born to handle technologies, wants to build their learning. In addition, there is a need to change the traditional school paradigm and enhance new methodologies in the classroom that may prove to be useful in motivating students and making learning effective and in mobilizing essential skills for the emerging needs of the 21st century. This case study analyzed the implementation of the Pedagogical Innovation Pilot Project (PPIP), proposed by DGE, in a public school. This project, in addition to privileging the project work and having proposed a new way to design the curriculum, made use of technologies with the “Edulabs” project, implemented in Portugal in 2014, by the Ministry of Education. The Pedagogical Innovation Pilot Project started with 9 intervention measures in the year 2016/17 and in the year 2017/18 new measures were added, which required the change of methodologies in the classroom and the flexible management of the curriculum by project and in heterogeneous groups. The objectives of this study are to understand how the PPIP, using the design methodology and the use of technologies, could contribute to an inclusive and differentiated teaching, allowing a more effective learning, respecting the pace of each student. As a preliminary study, we analyzed the Edulabs Project (2016/2017), in the 5th D class, with 20 students. For data collection, in this first study, we used naturalistic observation, semi-structured interviews and the application of questionnaires. Through the instruments for monitoring learning, namely through direct observations of the project work, there was an improvement in the school performance of each student. In addition to this preliminary study, we extended the investigation to the implementation of PPIP, in 2017/2018, in which there was a junction of a class of 6th (the previous 5th D) with a class of 7th grade, each with twenty students, to understand how students use technological systems and teaching and learning methodologies, made available to them, and what results result from them. In addition to the techniques already mentioned, questionnaires were applied to students in the PPIP classes of the 2nd and 3rd cycles. The Pedagogical Innovation Pilot Project presented itself as a challenge to the student in the active construction in the construction of their learning using diverse strategies. This approach combined the use of technology and project work as available resources, so that students could, at their own pace, find the best answer to build knowledge and appropriate the tools and skills necessary to integrate 21st century society.
Descrição: Orientação: Isabel Rodrigues Sanches da Fonseca
URI: http://hdl.handle.net/10437/12007
Aparece nas colecções:Biblioteca - Teses de Doutoramento
Doutoramento em Educação

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE DE DOUTORAMENTO COM JÚRI RITA ISABEL LOURENÇO GIL VOLUME I.pdfTese de Doutoramento7.63 MBAdobe PDFVer/Abrir
TESE DE DOUTORAMENTO COM JÚRI RITA ISABEL LOURENÇO GIL VOLUME II.pdfTese de Doutoramento2.16 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.