Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/11862
Título: Surto de brucelose em exploração de bovinos no Alto Alentejo
Autores: Dâmaso, Ângela, orient.
Pedroso, Joana Alexandra Carreira
Palavras-chave: MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA VETERINÁRIA
VETERINÁRIA
BOVÍDEOS
BRUCELOSE
SAÚDE ANIMAL
ZOONOSES
ALENTEJO
VETERINARY MEDICINE 
BOVIDS
BRUCELLOSIS
ANIMAL HEALTH
ZOONOSES
ALENTEJO
Data: 2020
Resumo: A brucelose é uma doença importante do ponto de vista da sanidade animal. Uma vez que se caracteriza por uma zoonose esta pode tornar-se num tema importante na saúde pública, sendo assim, uma doença de declaração obrigatória (DDO). Diversos fatores podem influenciar a prevalência da doença, assim como, a presença de fauna selvagem na propriedade, a deteção da doença nas propriedades circundantes, eficácia da vacina, processo de eliminação de animais positivos, deteção de abortos, maneio geral da manada, testes laboratoriais utilizados, entre outros. O estudo incide numa exploração extensiva de bovinos de carne no Alto Alentejo, onde foram estudadas variáveis, como a idade, sexo e época do ano em que se verificam mais animais seropositivos em relação à Brucelose. Foram recolhidas amostras sanguíneas de todos os animais com mais de seis meses, periodicamente, as quais, foram analisadas com os testes Rosa de Bengala (RBT) e tese de fixação do complemento (CFT) no respetivo laboratório de referência. Os resultados laboratoriais foram recolhidos e, posteriormente, foi feito um estudo estatístico quanto às variáveis acima referidas. Os resultados mostraram que a idade média de infeção, nesta exploração é de cerca de 6 anos , a doença é mais incidente no sexo feminino e a época do ano em que se verificou maior número de animais positivos foi no mês de julho de 2019 provavelmente derivado do inicio da época de partos. O surto de Brucelose afetou a exploração de vários modos, tais como, a perda de grande número de animais desde o inicio do surto, por eliminação de todos os animais positivos, o estado sanitário desta exploração foi alterado, impossibilitando a venda de animais, causando assim grandes perdas económicas e também o atraso reprodutivo da exploração. Embora, não se tenha erradicado a brucelose desta exploração, após a vacinação de todo o efetivo, os casos positivos têm vindo a decrescer. Não obstante, deve ser feita uma vigilância reprodutiva mais ativa para conseguir um rápido isolamento dos animais positivos e assim, a eliminação de possíveis reservatórios de doença com o objetivo de evitar a reinfeção.
Brucellosis is an important disease in matters of animal health. Since it is characterized as a zoonosis, it can become an important problem for public health, being mandatory to report all cases to the health authorities. Many factors can influence its prevalence as so, the presence of wildlife, the detection of the disease in surrounding proprieties, vaccination efficiency, elimination of seropositive animals, detection of abortion, management of cattle and used laboratorial tests, and many others. This study will focus in a livestock farm of beef cattle in extensive regimen of production, located in Alto Alentejo, where three main subjects were addressed, which were age, sex and time of the year that the infection with brucellosis occurred. Many blood samples were collected, periodically, in all animals older than six month. They all have been analyzed with Rose Bengal teste (RBT) and Complement Fixation Test (CFT) in the respective reference laboratory. The laboratory results were collected and posteriorly it has been done a statistic study about the three main subjects described before. The results showed that the average age cows are infected is about six years old, this disease is more frequent in females and it is also more frequent during the month of July that coincide whit the beginning of parturition season. This outbreak affected this farm in many ways, such as, the great amount of animal losses since the appearing of brucellosis, elimination of many seropositive animals, also due to alteration of the farm sanitary status, making it impossible to sell animals, causing great economic losses as well as a delay in reproduction results. Although brucellosis hasn’t been eradicated, after vaccination, de positive cases have been decreasing. Despite that, in the future, the farmer should do a closer reproductive management to increase abortion detection and to isolate positive animals efficiently and eliminate possible reservoirs of the disease in order to contain de infection and decrease re-infection.
Descrição: Orientação: Ângela Dâmaso
URI: http://hdl.handle.net/10437/11862
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado Integrado em Medicina Veterinária

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DIssertação Joana Pedroso.pdfDissertação de Mestrado20.54 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.