Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/11855
Título: Estudo da infeção por ascaris suum em suínos de explorações intensivas na região centro de Portugal
Autores: Munhoz, Ana, orient.
Pazini, Luiza
Palavras-chave: MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA VETERINÁRIA
VETERINÁRIA
SUINICULTURA
DOENÇAS
DIAGNÓSTICOS
DOENÇAS PARASITÁRIAS
FATORES DE RISCO
PORTUGAL
VETERINARY MEDICINE
PIG BREEDING
DIAGNOSES
PARASITIC DISEASES
RISK FACTORS
PORTUGAL
Data: 2020
Resumo: As doenças de origem parasitária, nomeadamente aquela causada por Ascaris suum, estão entre os fatores que podem influenciar negativamente a suinicultura. A ocorrência é fortemente influenciada pelas condições de higiene e maneio. Em razão da apresentação frequentemente subclínica, o diagnóstico é realizado durante a inspeção sanitária em matadouro através da observação de lesões com tecido fibroso e infiltrados celulares, conhecidas como milk spots, decorrentes da migração larvar do parasita pelo fígado, que é causa de rejeição deste órgão. Neste estudo avaliou-se a prevalência de Ascaris suum em 21 explorações intensivas de suínos em Portugal através de coprologia, serologia e avaliação de fígados. Os resultados obtidos foram correlacionados com as práticas de maneio obtidas através de um questionário. A prevalência de Ascaris suum foi de 38% nas explorações estudadas. Os fatores estudados e que poderiam influenciar no parasitismo foram o tipo de piso, o tamanho do efetivo e a ausência de conhecimento sobre o controlo da parasitose. Estratégias de controlo eficazes com base em provas de diagnóstico devem ser executadas para minimizar os fatores de risco existentes. Devido à natureza subclínica desta parasitose e a subestimação do problema, principalmente por ser a avaliação de fígados o método de diagnóstico mais comum, porém com muitas limitações, o desenvolvimento de técnicas de diagnóstico através da serologia poderia fornecer informações mais precisas e contribuir para a melhoria da produtividade.
Parasitic diseases, particularly Ascariasis, are among the factors that can negatively influence pig farming. Poor hygiene practices, inadequate management and sanitary conditions play major roles. Due to the subclinical nature of the disease, Ascariasis remains undiagnosed in the farms. Observation of fibrous tissue lesions and cellular infiltrates producing the typical milk spots on swine livers during post-mortem inspection has been used to measure roundworm exposure. The prevalence of Ascaris suum in 21 intensive pig farms in Portugal was determined using coprological techniques, serological technique and the percentage of affected livers at slaughter. The results were subsequently correlated with the management practices obtained by questionnaires on the farms. The prevalence of Ascaris suum in this study was 38%. An association between partially slatted floor, herd size and the absence of a proper knowledge of Ascariasis control were associated with the infection level found. Effective control strategies based on diagnostic evidence must be implemented to minimize the existing risk factors. Due to the subclinical form of the disease and the underestimation of the problem through the traditional diagnostic methods, the development of serological technique could provide more accurate information about the prevalence of this parasitosis and contribute towards productivity.
Descrição: Orientação: Ana Maria Duque de Araújo Munhoz ; co-orientação: Pedro Miguel Silvério Lopes
URI: http://hdl.handle.net/10437/11855
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado Integrado em Medicina Veterinária

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Luiza Pazini.pdfDissertação de Mestrado3.55 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.