Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/11804
Título: Museologia biófila : o ponto de memória da estrutural, Distrito Federal, Brasil 2011-2019
Autores: Chagas, Mário de Souza, orient.
Carvalho, Silmara Küster de Paula
Palavras-chave: DOUTORAMENTO EM MUSEOLOGIA
MUSEOLOGIA
MUSEOLOGY
SOCIOMUSEOLOGIA
SOCIOMUSEOLOGY
MUSEOGRAFIA
MUSEOGRAPHY
MEMÓRIAS
MEMORIES
BRASIL
BRAZIL
Data: 2020
Resumo: A pesquisa investiga ações museológicas no Ponto de Memória, na Cidade Estrutural, área periférica a 16 quilômetros de Brasília, capital do Brasil, no período de 2011 a 2019. O estabelecimento da cidade Estrutural na década de 1960 teve origem nas atividades de catadores de coleta seletiva que fixaram moradia ao redor do lixão. Na década de 1990 sofreu grande adensamento irregular estimulando o alto índice de criminalidade social e ambiental, perdendo as referências biofílicas. Iniciativa comunitária de memória e Museologia Social, incentivada pelo Instituto Brasileiro de Museus, desde a sua fundação, o Ponto de Memória conduziu inúmeras ações museais em inventário, exposição, ação cultural e conservação participativa. Esses processos foram analisados a partir de conceitos da biofilia para verificar se há referências biofílicas nas ações museais que possam estimular a autocriação e a solidariedade. A metodologia de pesquisa é qualitativa, integrando a pesquisa-ação, que preconiza o diálogo entre os participantes a fim de estimular o protagonismo nas ações e decisões. Os resultados constataram a presença de uma Museologia Biófila, com práticas museológicas abundantes em vitalidade, criação e cooperação, e forte vínculo com as questões da preservação.
The research investigates museological actions from 2011 to 2019 at the Memory Point in the periphery town known as Estrutural, 16 kilometers from the capital of Brazil, Brasilia. The founding of Estrutural in the 1960s originated from the activities of selective refuse collectors who settled around the dump. In the 1990s, Estrutural suffered huge irregular population density, which stimulated high indices of social and environmental crime, and the loss of biophilic references. The Memory Point has conducted numerous museum actions through inventories, exhibitions, cultural action and participatory conservation since its foundation This was encouraged by the Brazilian Museum Institute and community initiative for remembrance and social museology. Based on biophilic concepts, these processes were analyzed to verify if there were biophilic references in the museum actions that could stimulate self-creation and solidarity. The research methodology is qualitative, integrating action and research, which advocates dialogue between participants in order to encourage protagonism in actions and decisions. The results confirmed the presence of Biophilic Museology, with museological practices abundant in vitality, creation and cooperation, and a strong link with preservation issues.
Descrição: Orientação: Mario de Souza Chagas
URI: http://hdl.handle.net/10437/11804
Aparece nas colecções:Biblioteca - Teses de Doutoramento
Doutoramento em Museologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE_SILMARA CARVALHO_06_12_2020_.pdfTese de Doutoramento37.49 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.