Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/11785
Título: Factores psicológicos preditores da evolução e do desempenho no Triatlo
Autores: Palmeira, António Labisa, orient.
Telhado, Henrique Manuel Pereira
Palavras-chave: MESTRADO EM EXERCÍCIO E BEM-ESTAR
DESPORTO
SPORT
EDUCAÇÃO FÍSICA
PHYSICAL EDUCATION
TRIATLO
TRIATHLON
MOTIVAÇÃO
MOTIVATION
DESEMPENHO
PERFORMANCE
Data: 2020
Resumo: Objectivo: A importância dos factores psicológicos nos desportos de resistência tem sido objecto de investigação, e existe evidência científica dessa importância. O triatlo, modalidade que engloba três disciplinas de resistência realizadas de forma contínua e sequencial, apresenta-se como uma das provas mais exigentes no desporto de resistência. O objectivo desta dissertação é analisar os factores psicológicos predictores da evolução e do desempenho no triatlo. Método: Realizámos inicialmente uma revisão rápida e sistemática da literatura seleccionando a base de dados PsycINFO para a pesquisa sistemática, e as bases de dados PubMed, SportDiscus e Scholar Google para a pesquisa manual. Treze estudos foram incluídos nesta revisão, de acordo com os critérios de elegibilidade, tendo sido analisados um total de 2.343 triatletas. Na sequência realizámos um estudo observacional transversal, com uma amostra de 208 triatletas com todos os dados auto reportados num questionário estruturado on-line contendo dados antropométricos, histórico no triatlo e um conjunto de questionários psicométricos validados, para medição das variáveis Grit, motivações para o desporto, objectivos no exercício físico e nível de dependência do exercício. Resultados: O primeiro estudo revelou que as skills mentais, a força mental, e a auto-eficácia (orientação para o resultado e desempenho) são as variáveis psicológicas com maior associação ao desempenho no triatlo, que as motivações intrínsecas são as mais presentes nos triatletas (embora as motivações extrínsecas também estejam presentes), e revelou-nos ainda uma outra dimensão de grande importância, que é a dor e a forma como os triatletas a modulam. Do segundo estudo resultou que o Grit está associado negativamente aos tempos de evolução (p=.028) e ao desempenho na média distância (p=.035) no triatlo, que as motivações dos triatletas também estão associadas aos seus tempos de evolução (intrínsecas negativamente, e extrínsecas positivamente), que os triatletas possuem sobretudo uma motivação autónoma (p<.001), e que as motivações extrínsecas de introjecção (p=.042) e de identificação (p=.034) estão significativamente associadas aos anos de prática, e ainda que não há associações significativas entre o desempenho e o nível de dependência do exercício. Conclusões: Em relação à revisão concluímos que a força mental do triatleta, a sua motivação, a sua modulação da dor e do stress, parecem constituir os principais preditores de um bom desempenho no triatlo. Quanto ao estudo observacional, concluímos que os triatletas têm notações altas no Grit e na motivação autónoma, o que os capacita para o desporto que praticam e para evoluírem no mesmo, e que são predictoras da evolução e do desempenho no triatlo.
Background: The importance of the psychological factors in endurance sports has been subject to investigation, and there is scientific evidence of that importance. Triathlon, a sport that includes three endurance disciplines carried out continuously and sequentially, presents itself as one of the most demanding events of endurance sports. The purpose of this study it to analyse the predicting psychological factors of the evolution and performance in triathlon. Methods: We have undertaken initially a systematic and rapid literature review, selecting PsycINFO as the data base for the systematic research, and PubMed, SportDiscus and Scholar Google as the data bases for manual research. Thirteen studies were included in this review in accordance with the eligible criteria, and a total of 2.343 triathletes were analysed. Following we have undertaken a cross sectional study, with 208 triathletes as participants, with all data self-reported using an on-line structured questionnaire with anthropometric information, triathlon historic data and a set of validated psychometric questionnaires to measure the Grit, sport motivations, goal content for exercise and exercise dependence. Results: The first study revealed that mental skills, mental toughness and self-efficacy (performance and outcome orientation) are the psychologic variables with a stronger association to triathlon performance, that intrinsic motivations are the most prevalent in triathletes (although extrinsic motivations are also present), and furthermore revealed another very important dimension, pain and the ability of triathletes to modulate it. The second study showed that Grit is negatively associated to evolution times (p=.028) and to middle distance performance (p=.035) in triathlon, also showed that triathletes motivations are also associated with the evolution times (intrinsic negatively and extrinsic positively), that triathletes are basically autonomously motivated (p<.001), and that introjected (p=.042) and identified (p=.034) extrinsic motivations are significantly associated with the number of practice years, and lastly that there are no significant associations between performance and the level of exercise dependence. Conclusions: The review showed that triathletes’ mental toughness, their motivations, and their modulation of pain and stress, seem to be the main predictors of a good triathlon performance. As to the cross sectional study, we concluded that triathletes have high Grit and autonomous motivation scores, which enables them to the sport they practice and to progress in the same, and which are predictors of triathlon evolution and performance.
Descrição: Orientação: António João Labisa da Silva Palmeira
URI: http://hdl.handle.net/10437/11785
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Exercício e Bem-Estar

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
HENRIQUE MANUEL PEREIRA TELHADO Versão Final.pdfDissertação de Mestrado1.62 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.