Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/11628
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorBoersma, Hans-
dc.date.accessioned2020-12-21T16:59:27Z-
dc.date.available2020-12-21T16:59:27Z-
dc.date.issued2020-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10437/11628-
dc.description.abstractA justificação tem um peso relativamente menor no pensamento de Ireneu. Ele discute-a particularmente nas suas polémicas contra as abordagens Gnósticas às Escrituras e à lei. A justificação, tipicamente, é utilizada por Ireneu dentro de um enquadramento de salvação mais alargado e participativo. Quando levamos estes aspetos em consideração, abrem-se inesperadas possibilidades ecuménicas entre Ortodoxos, Católicos e Protestantes. Uma das mais importantes lições da discussão de Ireneu sobre a justificação, assim, é que a justificação não deve ser tratada como uma doutrina isolada. Em vez disso, é um aspeto da participação na recapitulação de Cristo e, como tal, serve para suportar e fortalecer a nossa união deificante com Deus em Cristo.pt
dc.formatapplication/pdf-
dc.language.isoporpt
dc.publisherEdições Universitárias Lusófonaspt
dc.rightsopenAccess-
dc.subjectRELIGIÃO pt
dc.subjectIRINEU pt
dc.subjectRELIGIONeng
dc.titleJustificação na recapitulação : Ireneu em diálogo ecuménicopt
dc.typearticlept
Aparece nas colecções:AD AETERNUM – Revista de Teologia Vol. 1 N.º 0 (2020)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
7354-Texto Artigo-21234-1-10-20201202.pdf699.57 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.