Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/11570
Título: O impacto das estratégias de gestão de recursos humanos no bem-estar dos colaboradores : estudo de caso numa IPSS no norte do país
Autores: Moreira, Ricardo Manuel Magarinho Bessa, orient.
Fernandes, Ana Filipa Marques
Palavras-chave: MESTRADO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
GESTÃO
GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
BEM-ESTAR
SATISFAÇÃO PROFISSIONAL
PRODUTIVIDADE
PRÁTICAS PROFISSIONAIS
MANAGEMENT
HUMAN RESOURCES MANAGEMENT
WELLNESS
PROFESSIONAL SATISFACTION
PRODUCTIVITY
PROFESSIONAL PRACTICES
Data: 2020
Resumo: O presente estudo investigou o impacto das práticas de recursos humanos, nomeadamente o recrutamento e seleção, o acolhimento e integração, e a avaliação de desempenho, no bem-estar dos colaboradores. Entende-se que a variável bem-estar aporta várias dimensões comportamentais, entre as quais, se destacam o empenhamento, satisfação e felicidade. Do ponto de vista epistemológico, tendo em consideração a evolução terminológica, esta abordagem acompanhou a tendência atual para se enfatizar uma visão mais estratégica e desenvolvimental da gestão de recursos humanos. Se por um lado, ainda encontramos uma matriz teórica devedora, em muitas empresas, de uma herança pós-industrial e taylorista, no que tange à realidade portuguesa, por outro, não são de descurar as múltiplas tentativas científicas de efetivação desta área como sendo aparentada com uma gestão de sensibilidades. Não é por acaso, que surgem cada vez mais pesquisas neste âmbito, no entanto, este estudo revela-se portador de significativa originalidade, uma vez que é menos recorrente associar a esse desenvolvimento das pessoas uma amplitude estratégica nas políticas de gestão de recursos humanos e, ainda mais raro, aplicar esses pressupostos numa Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS). Este estudo de caso recorreu a uma metodologia qualitativa e à entrevista como instrumento metodológico. Foi realizado um guião de entrevista (semi-estruturado) que permitisse analisar as práticas de recursos humanos que a IPSS estudada (situada no norte do país) utiliza, e o seu impacto no bem-estar e produtividade. Realizaram-se 11 entrevistas aos colaboradores da instituição com o intuito de recolher dados para a análise (de conteúdo e de discurso). Verifica-se que subsistem lacunas importantes, por parte da instituição, no que concerne à vertente dos recursos humanos (principalmente nesse prisma mais comportamental). Das práticas em estudo apenas o acolhimento/integração é executado com eficiência, na perspetiva dos entrevistados. Quanto ao bem-estar registam-se parcas tentativas de o promover. Ainda assim, pelos dados recolhidos, entende-se que as práticas de recursos humanos têm, parcial e indiretamente, impacto no bem-estar dos colaboradores. Espera-se que este estudo possa elevar o discurso e tributar para o advento de uma maior metamorfose nas ideias, muitas vezes préconcebidas, sobre o capital humano e a sua importância para as organizações. Pretendeu-se, consciencializar gestores, líderes e empresários para a humanização das organizações, e contribuir para um crescimento na investigação destas temáticas.
The present study investigated the impact of human resources practices, namely recruitment and selection, reception and integration, and performance evaluation, on the well-being of employees. It is understood that the variable well-being provides several behavioural dimensions, among which, commitment, satisfaction and happiness stand out. From an epistemological point of view, taking into account the terminological evolution, this approach followed the current trend to emphasize a more strategic and developmental vision of human resources management. If, on the one hand, we still find a theoretical matrix linked to a post-industrial and Taylorist heritage in many companies, with regard to the Portuguese reality, on the other hand, we shouldn’t neglect the multiple scientific attempts to make this area effective as being related with sensitivity management. It is not by chance that more and more research is emerging in this area, however, this study proves to be of significant originality, since it is less recurrent to associate this development of people with a strategic scope in human resources management policies and, even more rarely, apply these assumptions in an IPSS. This case study used a qualitative methodology and the interview as a methodological tool. An interview guide (semi-structured) was carried out to analyse the human resources practices that the studied IPSS (located in the north of the country) uses, and its impact on well-being and productivity. Eleven interviews were conducted with the institution's employees in order to collect data for analysis (content and speech). It appears that important gaps remain, on the institution side, with regard to the aspect of human resources (mainly in this more behavioural prism). Concerning the practices under study, only the reception / integration is performed efficiently, from the perspective of the interviewees. Regarding well-being, there are few attempts to promote it. Still, from the data collected, it is understood that human resources practices have, partially and indirectly, an impact on the wellbeing of employees. It is hoped that this study can raise the discussion and contribute for the advent of a greater metamorphosis in the ideas, often pre-conceived, about human capital and its importance for organizations. It was intended to raise awareness among managers, leaders and entrepreneurs for the humanization of organizations, and to contribute to a growth in the investigation of these issues.
Descrição: Orientação: Ricardo Bessa Moreira
URI: http://hdl.handle.net/10437/11570
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Gestão de Recursos Humanos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Mestrado em Gestão de Recursos Humanos _ Ana Filipa Marques Fernandes _ Final.pdfDissertação de Mestrado1.89 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.