Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/1125
Título: Psicologia das motivações ajurídicas do sentenciar : a emergência do saber em detrimento do poder
Autores: Poiares, Carlos Alberto, orient.
Louro, Maria da Conceição Cunha
Palavras-chave: PSICOLOGIA FORENSE
DIREITO
COMUNICAÇÃO VERBAL
COMUNICAÇÃO NÃO VERBAL
DECISÕES JUDICIAIS
MESTRADO EM PSICOLOGIA CRIMINAL E DO COMPORTAMENTO DESVIANTE
PSICOLOGIA
TESTEMUNHOS
FORENSIC PSYCHOLOGY
LAW
VERBAL COMMUNICATION
NON-VERBAL COMMUNICATION
JUDICIAL DECISIONS
PSYCHOLOGY
TESTIMONIES
MOTIVAÇÕES AJURÍDICAS
NON-JUDICIAL MOTIVATIONS
Data: 2008
Resumo: A pretensão deste trabalho reside na indagação sobre a eventual existência de um acervo de motivações ajurídicas que fundamentem as decisões judicias, erigindo como actor principal o Aplicador da Lei. Para tanto – recorreu-se à utilização de um instrumento construído pela autora, em 2005 – a Grelha de Observação das Motivações Ajurídicas do Sentenciar – destinado a captar aspectos considerados principais na comunicação dos protagonistas do processo de criminalização secundária, quer ao nível da comunicação verbal (C.V.) quer no concerne à comunicação não verbal (C.N.V.), verificando, depois, em presença das decisões, as razões justificativas evidenciadas. E que constituíram o suporte ajurídico de cada sentença. Assim, realizou-se um trabalho de observação, tendo a Grelha de Observação sido aplicada por licenciados em Psicologia, estudantes do 2º ciclo de Psicologia Forense e da Exclusão Social (Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias), e alunos da Faculdade de Direito (Universidade Nova de Lisboa), que operaram em três tribunais criminais de Lisboa A amostra é constituída por 25 julgamentos, com um total de 64 personagens judiciais. Os resultados, ainda que meramente indicativos, demonstram uma tendência para a validade e consistência interna da grelha, indiciando também a verificação de motivações ajurídicas nas decisões judiciais.
The intention of this work resides in the investigation of the eventual existence of an amount of non judicial motivations which support judicial decisions, where the law applicator arises as the main actor. For such - the use of an instrument built by the author in 2005 was resorted to - the Observation grid of the non judicial motivations of the sentencing - destined to capture aspects considered primary in the communication of the key players of the secondary criminalization process, in both the verbal communication level and in what concerns non verbal communication, later verifying, in the presence of the decisions, the evidenced justifiable reasons, which established the non judicial support of each sentence. Thus, an observational work was performed, having been applied the observation grid by Psychology graduates, students of the masters in Forensic Psychology and of Social Exclusion (Lusófona University of Humanities and Technology), as well as students of the Faculty of Law (New University of Lisbon), which operated in three criminal courts in Lisbon. The sample consists of 25 trials, with a total of 64 judicial characters. The results, even if only indicative, show a trend towards internal consistency and validity of the grid, also indicating the verification of non judicial motivations in judicial decisions.
Descrição: Orientação : Carlos Alberto Poiares
URI: http://hdl.handle.net/10437/1125
Aparece nas colecções:BIBLIOTECA - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Psicologia Criminal e do Comportamento Desviante

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado.pdfDissertação1.15 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.