Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/10414
Título: PISA, TIMSS e PIRLS em Portugal: Uma análise comparativa
Autores: Rosa, Vítor Alberto Valadas
Maia, João Sampaio
Mascarenhas, Daniela
Teodoro, António
Palavras-chave: EDUCAÇÃO
EDUCATION
PORTUGAL
LEITURA
READING
INVESTIGAÇÃO EDUCACIONAL
EDUCATIONAL RESEARCH
AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO
EDUCATIONAL ASSESSMENT
QUESTIONÁRIOS
QUESTIONNAIRES
PROGRAMA INTERNACIONAL DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS (PISA)
TIMSS
PIRLS
OCDE
PISA (PROGRAMME FOR INTERNATIONAL STUDENT ASSESSMENT)
TIMSS (TRENDS IN INTERNATIONAL MATHEMATICS AND SCIENCE STUDY
PIRLS (PROGRESS IN INTERNATIONAL READING LITERACY STUDY)
Data: 29-Jun-2020
Editora: Universidade do Minho
Citação: Rosa, V., Sampaio Maia, J., Mascarenhas, D., & Teodoro, A. (2020). Revista Portuguesa de Educação, 33(1), 94-120. http://doi.org/10.21814/rpe.18380Revista Portuguesa de Educação, 33(1), 94-120. http://doi.org/10.21814/rpe.18380
Resumo: Neste artigo apresentamos uma análise comparativa entre três questionários internacionais: o PISA, conduzido pela OCDE, e o TIMSS e o PIRLS, realizados pela IEA, tendo em conta os seus objetivos gerais e correlações entre os respetivos dados referentes a Portugal (por regiões da NUTS III). A revisão bibliográfica e documental mostrou como os resultados podem ser reformulados ou reinterpretados pelos diferentes atores sociais e que são vistos pelos decisores políticos e pelas organizações como uma ferramenta de comparação dos sistemas escolares, reveladora de pontos fortes e pontos fracos. A análise dos resultados gerais evidencia que Portugal tem vindo a melhorar os seus resultados no PISA, nos três domínios avaliados (leitura, matemática e ciências), que melhorou no TIMSS em matemática e piorou em leitura no PIRLS. A análise comparativa por regiões revelou que existe uma diferenciação dos resultados por regiões e que, enquanto o fator domínio não se apresenta como relevante, o fator objeto de avaliação em cada estudo parece determinante para os resultados dos questionários. Revelou, ainda, que há uma relação direta entre o PIB/habitante e os resultados dos questionários nas regiões com valores extremos de PIB/habitante, mas que essa relação não existe para a generalidade das regiões.
Descrição: Revista Portuguesa de Educação
URI: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/10414
ISSN: 2183-0452
Aparece nas colecções:CeiED - Artigos de Revistas Nacionais com Arbitragem Científica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Rosa_et_al (2020)_PISA.pdf1.25 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.