Utilize este identificador para referenciar este registo: https://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/10398
Título: Gestão empresarial e ascensão feminina : estudo de caso em uma empresa da região sul do Brasil
Autores: Costa, António Augusto Teixeira da, orient.
Spricigo, Cristiane
Palavras-chave: MESTRADO EM GESTÃO DE EMPRESAS
GESTÃO
GESTÃO DE EMPRESAS
GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
LIDERANÇA
EMPODERAMENTO
MULHERES
BRASIL
MANAGEMENT
BUSINESS MANAGEMENT
HUMAN RESOURCES MANAGEMENT
LEADERSHIP
EMPOWERMENT
WOMEN
BRAZIL
Data: 2017
Resumo: O presente estudo tem como temática a gestão empresarial e ascensão feminina visando contribuir com a gestão de práticas que reconheçam e valorizem o potencial feminino no mundo do trabalho. O principal objetivo é analisar os fatores de “empowerment” à ascensão feminina na visão das mulheres líderes e das demais mulheres trabalhadoras de uma determinada empresa do sul do Brasil. Com base nos conceitos sobre gestão de pessoas e liderança, descreve-se o processo de inserção das mulheres no mundo do trabalho, a gestão da diversidade, a liderança feminina e as políticas de equidade de gênero no Brasil. São analisados os resultados coletados na pesquisa de campo através de um questionário enviado a 208 trabalhadoras, que compôs o quadro total de mulheres no momento da pesquisa, sendo que 79 responderam, correspondendo a uma amostra de 38%. Ainda, foram realizadas seis entrevistas com as mulheres líderes investigando os obstáculos encontrados para o “empowerment” e os fatores que dificultam a ascensão feminina, bem como as práticas que contribuem para essa ascensão no mundo trabalho. A metodologia da pesquisa é classificada como estudo de caso e a abordagem é quanti-qualitativa. Como resultados da pesquisa foi possível identificar que os principais obstáculos para a ascensão feminina continuam sendo a barreira cultural, que dificulta o reconhecimento das desigualdades na própria visão das mulheres, além da falta de tempo para qualificação profissional, pouco reconhecimento e os estereótipos relacionados ao comprometimento com a empresa por causa do gênero. Dentre os fatores para o “empowerment” feminino estão: navegar na política da organização, assumir riscos e desafios, ser versátil e capaz de administrar mudanças, ter qualificações/habilidades relevantes e ser capaz de motivar as pessoas. Ainda, na visão das lideranças femininas, as mulheres podem se empoderar fazendo um bom trabalho, ter atitude, saber gerenciar o tempo, capacitação técnica e interpessoal e suporte para conciliar a vida pessoal e profissional. Para que as mulheres possam ocupar lugares e papéis diferenciados e de destaque no mundo empresarial é preciso arriscar mais, romper com o “teto de vidro”, ter maior exposição e visibilidade, ser valorizada e respeitada em sua diversidade.
This study is subject to business management and women rise to contribute to the management practices that recognize and value women's potential in the workplace. The main objective is to analyze the factors of "empowerment" to the rise in women's view of women leaders and other women workers of a certain company in southern Brazil. Based on the concepts of leadership and people management, describes the women's insertion process in the workplace, diversity management, women's leadership and gender equity policies in Brazil. the results collected are analyzed in field research through questionnaires with workers, with 208 women which composed the total picture of working at the time of the survey, 79 responded, representing a sample of 38% and were conducted six interviews with women leaders investigating the obstacles encountered for the "empowerment" and the factors that hinder women's rise and practices that contribute to women's rise in the world work. The research methodology is classified as case study and the approach is quantitative and qualitative. The research results could be identified that the main obstacles to women's rise remain the cultural barrier that hinders the recognition of inequalities in their own view of women, and the lack of time for professional qualification, little recognition and stereotypes related to impairment with the company because of gender. Among the factors for the "empowerment" Women are: surfing the organization's policy, take risks and challenges, be versatile and able to manage change, have skills / relevant skills and be able to motivate people. Still, in the view of women leaders, women can empower doing a good job, have attitude, learn time management, technical and interpersonal skills and support for reconciling personal and professional life. For women to occupy places and different roles and prominent in the business world you have to risk more, break the "glass ceiling", have greater exposure and visibility, be valued and respected in their diversity.
Descrição: Orientação: António Augusto Teixeira da Costa
URI: http://hdl.handle.net/10437/10398
Aparece nas colecções:BIBLIOTECA - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Gestão de Empresas

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Cristiane Spricigo.pdfDissertação de Mestrado2.98 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.