Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/10315
Título: Parentalidade em contextos de risco e perigo : perceções de um grupo de profissionais
Autores: Antunes, Carla Margarida Vieira, orient.
Pereira, Cláudia Sofia Ferreira Cardoso
Palavras-chave: MESTRADO EM PSICOLOGIA DA JUSTIÇA
PSICOLOGIA
PERCEÇÃO
ATITUDES
FAMÍLIAS EM RISCO
CRIANÇAS EM RISCO
JOVENS EM RISCO
PROTEÇÃO DE MENORES
PARENTALIDADE
PSYCHOLOGY
PERCEPTION
ATTITUDES
FAMILIES AT RISK
CHILDREN AT RISK
YOUNG PEOPLE AT RISK
CHILD PROTECTION
PARENTHOOD
Data: 2019
Resumo: A parentalidade é a tarefa mais desafiante da vida, uma vez que estimula à criação de papéis parentais com vista a satisfazer as necessidades básicas de uma criança/jovem e potencializar um desenvolvimento normativo. Quando o papel parental é colocado em causa, exige uma intervenção dos serviços de proteção, sendo reconhecida a dificuldade dos profissionais envolvidos em intervir e tomar decisões relativas à família. Nesta sequência e, assumindo que a tomada de decisão tem implicações para a intervenção e para o ajustamento das famílias e crianças/jovens envolvidos, torna-se imperativo compreender quais os fatores que influenciam este processo. O presente estudo teve como principais objetivos analisar as perceções e atitudes dos profissionais sobre a parentalidade e o desenvolvimento das crianças/jovens em contextos de risco/perigo, bem como explorar as perceções acerca do papel do Sistema de Promoção e Proteção no ajustamento individual e familiar nestes contextos. A amostra foi constituída por 20 profissionais (85% do sexo feminino) integrados em Comissões de Proteção de Crianças e Jovens da zona norte do país, com idades compreendidas entre os 29 aos 55 anos de idade (M = 43.45; DP = 7.92). O protocolo de instrumentos administrados incluiu um questionário sociodemográfico e uma entrevista semiestruturada. Os dados recolhidos foram analisados de acordo com a análise temática com o recurso ao software de investigação qualitativa QSR Nvivo12. Os resultados permitiram conhecer a perspetiva dos profissionais sobre a parentalidade, bem como da relevância do apoio social e das instâncias formais neste ajuste da parentalidade, contribuindo para a necessidade de existir um maior aprofundamento das dimensões consideradas importantes para assegurar e promover o superior interesse da criança/jovem.
Parenthood is the most challenging task in life, since it stimulates the creation of parental roles in order to meet the basic needs of a child/young people and enhance a normative development. When the parental role is called into question, it requires an intervention of the protection services, recognizing the difficulty of the professionals involved in intervening and making decisions regarding the family. In this sequence, and assuming that decision making has implications for the intervention and for the adjustment of the families and children/young people involve, it is imperative to understand which factors influence this process. The main of this study were to analyse the perceptions and attitudes of professionals about parenthood and the development of children/young people in risk/hazard contexts, as well as to explore perceptions about the role of the Promotion and Protection System and family adjustment in these contexts. The sample consisted of 20 professionals (85% females) integrated in Child and Young People Protection Commissions in the northern part of the country, aged between 29 and 55 years old (M = 43.45; SD = 7.92). The protocol of instruments administered included a socio-demographic questionnaire and a semi-structured interview. The data collected were analyse according to the thematic analysis using the qualitative investigation software QSR Nvivo12.The results allowed to know the professionals’ perspective on parenthood, as well as the relevance of social support and formal instances in this adjustment of parenthood, contributing to the need for a deeper understanding of the dimensions considered importante to ensure and promote the best interest of the child/young people.
Descrição: Orientação: Carla Margarida Vieira Antunes
URI: http://hdl.handle.net/10437/10315
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Psicologia da Justiça

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado - Cláudia Sofia Ferreira Cardoso Pereirafinal.pdfDissertação de Mestrado486.5 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.