Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/10240
Título: Crenças e comportamentos relacionados com a saúde em casais portugueses
Autores: Nazaré, Bárbara, orient.
Silva, Ana Margarida Cardoso da
Palavras-chave: MESTRADO EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE
PSICOLOGIA
RELACIONAMENTOS CONJUGAIS
SAÚDE
CRENÇAS
MOTIVAÇÃO
PSICOLOGIA DA SAÚDE
PSYCHOLOGY
MARITAL RELATIONSHIPS
HEALTH
BELIEFS
MOTIVATION
HEALTH PSYCHOLOGY
Data: 2020
Resumo: A saúde é um dos fatores dominantes de inclusão e coesão sociais, bem como de formação de riqueza e bem-estar. As pessoas exercem uma grande influência nos resultados de saúde dos cônjuges. O presente estudo pretendeu estudar os comportamentos, crenças, motivações para a saúde, estado de saúde e satisfação conjugal, em casais. Participaram neste estudo 99 casais. Os participantes responderam a uma ficha de dados sociodemográficos e clínicos e a vários questionários de autorresposta, em papel ou online. Os resultados sugerem que para a maioria dos comportamentos, a frequência foi tendencialmente alta. No geral, as mulheres apresentam mais comportamentos que contribuem para a saúde, menos crenças de saúde compensatórias e mais motivação para não prejudicar a sua própria saúde. Parece haver uma forte concordância entre os membros do casal relativamente a comportamentos, crenças, motivações e nível do estado de saúde. Essa concordância, tendencialmente, não se relacionou com a satisfação conjugal. As ações de promoção de saúde devem envolver ambos os elementos do casal.
Health is one of the dominant factors of social inclusion and cohesion, as well as the formation of wealth and well-being. People have a major influence on spouses health outcomes. The present study aimed study behaviors, beliefs, health motivations, health status and conjugal satisfaction in couples. In this study participants 99 couples. Participants answered a sociodemographic and clinical data sheet and several self-report questionnaires, either on paper or online. The results suggest that for most behaviors, the frequency tended to be high. In general, women exhibit more behaviors healthcontributing health, fewer compensatory health beliefs, and more motivation not to harm their own health. There seems to be strong agreement between the couple's members relatively to behavior, beliefs, motivations and health status. This agreement tended not to be related to conjugal satisfaction. Health promotion actions should involve both elements of the couple.
Descrição: Orientação: Ana Bárbara Nazaré
URI: http://hdl.handle.net/10437/10240
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ENTREGA FINAL Dissertação Ana Margarida C. Silva - 21701539.pdfDissertação de Mestrado418.8 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.