Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/10120
Título: Moradia na Comporta : ideia, ordem e desenho - mnemónicas de uma metodologia projetual topológica
Autores: Cerqueira, Hugo Philippe Herrenschmidt da Nazareth Fernandes de, orient.
Sardo, Duarte Miguel Simões Araujo
Palavras-chave: MESTRADO INTEGRADO EM ARQUITETURA
ARQUITETURA
PROJETOS ARQUITETÓNICOS
GEOMETRIA
DESENHO ARQUITETÓNICO
CONCEÇÃO DE PROJETOS
ARCHITECTURE
ARCHITECTURE PROJECTS
GEOMETRY
ARCHITECTURAL DRAWING
PROJECT CONCEPTION
Data: 2019
Resumo: A diversidade de metodologias utilizadas em projeto permanece oculta na maioria dos casos, por vezes mesmo inconscientes, mas os percursos e recursos não deixam de se revelar bastante diversificados entre arquitetos, quando não contraditórios. Coloca-se desde logo a seguinte questão: como refletir sobre o projeto? Quais os paradigmas concetuais envolvidos na reflexão sobre o ato de projetar? como interpretar o lugar, o programa ou os materiais? Convém referir que a pesquisa sobre as metodologias de projeto e a reflexão intrínseca sobre o seu desenho são campos menos divulgados. As diferentes metodologias dos mais variados arquitetos permanecem, na maioria dos casos, ocultas, sendo mais comum a divulgação da obra de arquitetura e menos o seu processo de conceção. A reflexão intrínseca ao projeto, estruturou-se no discurso teórico de Louis Kahn e, mais especificamente, na sua reflexão sobre os conceitos de Ideia, Ordem e Desenho. Na esfera do presente raciocínio, é ainda importante referir que invocamos estas trilogias com base no pensamento de Martin Heidegger e, mais especificamente, na sua evocação sobre alguns aspetos significativos da natureza fenomenológica do lugar. Esta valorização do lugar é, por sua vez, por nós confirmada no discurso de Pierre Von Meiss, e revelada na própria operatividade do projeto.
The diversity between project methodological approaches remain obscured in all most cases, sometimes even unconscious, but the paths and resources are nonetheless quite diverse among architects, if not contradictory. The question is raised: how to reflect on the project design? What are the conceptual paradigms engaged in project design reflection? How to interpretate the place, the program or the materials? It is worth mentioning that the design research metodologies and the inherent reflection over is design are less widespread fields. The diferent design metodologies of the most varied architects remain fogy, being more common the dissemination of the architectural work and less its process of conception. The intrinsic reflection on the project was structured in a theorethical discourse of Louis Kahn, more specifically; in is reflection on the concepts of Idea, Order and Design. In the sphere of the present reasoning, it is still important to note that we invoke these trilogies on the basis of Martin Heidegger´s thinking and, more specifically, his evocation of significant aspects of the phenomenological nature of the place. This appreciation of the place is, its turn, confirmed by us on Pierre Von Meiss speech, and in the operability of the project.
Descrição: Orientação: Hugo Philipe Herrenschmidt da Nazareth Fernandes de Cerqueira
URI: http://hdl.handle.net/10437/10120
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado Integrado em Arquitetura

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DUARTE MIGUEL SIMÕES ARAUJO SARDO.pdfDissertação de Mestrado21.66 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.