Vitimação e funcionamento psicológico na adolescência: o papel moderador do número de experiências de violência

DSpace/Manakin Repository

Vitimação e funcionamento psicológico na adolescência: o papel moderador do número de experiências de violência

Show full item record

Title: Vitimação e funcionamento psicológico na adolescência: o papel moderador do número de experiências de violência
Author: Fonseca, Ana Sofia de Jesus Marinho
Abstract: A violência na adolescência, é um fenómeno, com forte influência a nível do funcionamento e bem-estar psicológico. Nesta sequência, o presente estudo teve como principal objetivo testar o papel moderador do número de diferentes experiências de violência sofridas na predição do funcionamento psicológico atual aqui conceptualizado em termos de (I) Sintomatologia Psicopatológica (internalização e externalização) e (II) Bem-Estar Psicológico, tendo como variável antecedente a experiência de vitimação durante o último ano. A amostra foi constituída por 114 participantes de ambos os sexos com idades compreendidas entre os 15 e os 18 anos (M=16.5; DP=1.02), maioritariamente portugueses e residentes nos distritos do Porto. Os resultados evidenciam a relação entre experiências de vitimação e funcionamento psicológico na adolescência, demonstrando que o número de experiências de violência tem um papel moderador em tal relação, mais especificamente, na relação entre violência física e a ansiedade e na relação entre a violência sexual e os crimes relacionados com álcool e drogas. De igual modo, verifica-se uma correlação negativamente significativa entre a violência psicológica e os domínios do BEP, no que diz respeito ao domínio do meio e aceitação de si.Violence in the adolescent age is a phenomenon with a strong influence on the individual behavior and on the psychological well-being of those individuals. The main objective of the present study was to test the moderating role of the number of different experiences of violence in the prediction of the present psychological functioning conceptualized in terms of (I) Psychopathological Symptomatology (internalization and externalization) and (II) Psychological Well-being, having as a precedent the experience of victimization during the last year. The sample consisted of 114 participants of both sexes, aged between 15 and 18 (M=16.5; DP=1.02), mostly Portuguese, and residents in the Porto district. The results show the relationship between victimization experiences and psychological functioning in adolescence, proving that the number of experiences of violence has a moderating role in this relationship (the number of experiences of violence moderates the relationship between physical violence and anxiety , as well as between sexual violence and alcohol and drug-related crimes, and there is a negatively significant correlation between psychological violence and BEP domains, in terms of control of the environment and acceptance of self).
Description: Orientação: Carla Margarida Vieira Antunes ; co-orientação: Célia Ferreira
URI: http://hdl.handle.net/10437/9605
Date: 2019


Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertação Mes ... _Versão Definitiva (1).pdf 703.0Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account