O valor da marca: Instituto Superior Politécnico Católico de Benguela (Angola)

DSpace/Manakin Repository

O valor da marca: Instituto Superior Politécnico Católico de Benguela (Angola)

Show simple item record

dc.contributor.author Sarmento, Eduardo Moraes
dc.contributor.author Carvalho, Rita Vitorino de
dc.contributor.author Morais, Érica
dc.date.accessioned 2019-05-10T16:52:01Z
dc.date.available 2019-05-10T16:52:01Z
dc.date.issued 2019
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/9544
dc.description R-Lego
dc.description.abstract O Valor da Marca é um tema atual, tem sido abordado por vários pesquisadores, onde são desenvolvidas teorias deste assunto bastante pertinente, de forma a saber o que os consumidores mais valorizam no seu processo de decisão, nomeadamente na hora da escolha do melhor serviço. Neste contexto, o presente estudo pretende determinar os critérios mais relevantes para a valorização de uma Marca de Ensino Superior, na ótica dos estudantes, tendo como caso prático o Instituto Superior Politécnico Católico de Benguela (ISPOBAB), onde os objetivos específicos consistem em: (i) estudar os fatores que determinam o valor de uma marca, (ii) saber quais são as fontes de valor da marca mais importantes, em Instituições de Ensino Superior, na perspetiva dos estudantes do ISPOCAB, (iii) saber qual o valor da marca em estudo, na ótica da instituição (ISPOCAB) e (iv) comparar a perceção de valor da marca determinada pelos estudantes, com o valor da marca determinada pela Instituição. Em termos metodológicos, a revisão da literatura permitiu recolher as informações necessárias para definir o problema da investigação, os objetivos e as hipóteses. Para validar as hipóteses e responder aos objetivos, foi elaborado um questionário, com uma amostra de 273 respondentes, em que participaram os estudantes dos cursos de Ciências da Educação e Contabilidade e Gestão da ISPOBAB. Os resultados do estudo demonstraram que os fatores que influenciaram os alunos no momento da candidatura foi a qualidade de ensino. Encontravam-se bem informados sobre a Instituição e os ex-estudantes foram as maiores fontes de informação. Constatou-se também, que a maioria recomenda o ISPOCAB e pretende continuar a sua formação nesta Instituição. Verificou-se que os alunos atribuem maior relevância ao fator posicionamento da marca, que engloba, a avaliação e o reconhecimento do ministério do ensino superior, bem como, o reconhecimento da instituição pela comunidade devido à qualidade percebida. Em relação ao valor da marca pode observar-se que a qualidade do ensino foi o fator mais destacado pelos alunos, valor igualmente atribuído pela Instituição, baseado numa entrevista efetuada ao seu dirigente. Clientes satisfeitos atraem novos clientes e o marketing boca a boca é uma mais-valia para qualquer organização, visto que o consumidor recomenda, em função da experiência que obteve. pt
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.publisher Edições Universitárias Lusófonas pt
dc.rights openAccess
dc.subject GESTÃO DE MARCAS pt
dc.subject BRAND MANAGEMENT en
dc.subject CONSUMIDORES pt
dc.subject CONSUMERS en
dc.subject ENSINO SUPERIOR pt
dc.subject HIGHER EDUCATION en
dc.subject ANGOLA pt
dc.title O valor da marca: Instituto Superior Politécnico Católico de Benguela (Angola) pt
dc.type article pt


Files in this item

Files Size Format View
6647-265-19779-1-10-20190127.pdf 473.3Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account