O efeito moderador da vinculação na associação entre a coparentalidade e a satisfação conjugal em mães de crianças em idade pré-escolar

DSpace/Manakin Repository

O efeito moderador da vinculação na associação entre a coparentalidade e a satisfação conjugal em mães de crianças em idade pré-escolar

Show full item record

Title: O efeito moderador da vinculação na associação entre a coparentalidade e a satisfação conjugal em mães de crianças em idade pré-escolar
Author: Libano, Mariana Ubaldo
Abstract: A investigação tem demonstrado associações significativas quer entre a cooperação coparental quer o conflito coparental e a satisfação conjugal. No entanto, pouco tem sido estudado sobre o potencial efeito moderador da vinculação materna ao parceiro íntimo na associação entre estas variáveis. Assumindo a importância de compreender potenciais fontes de variabilidade interindividual na associação entre a coparentalidade e a satisfação conjugal, o presente estudo teve quatro objetivos. Os dois primeiros foram testar o efeito moderador da ansiedade de vinculação na associação entre a cooperação coparental e a satisfação conjugal e na associação entre o conflito coparental e a satisfação conjugal. No terceiro e quarto objetivos pretendeu-se testar o efeito moderador do evitamento de vinculação entre a cooperação coparental e a satisfação conjugal e na associação entre o conflito coparental e a satisfação conjugal. Foi conduzida uma recolha de dados online, usando um design transversal, onde as participantes responderam a questões relacionadas com as variáveis de estudo. Participaram no estudo 241 mães de crianças até à idade pré-escolar. Os resultados demonstraram que mães com ansiedade de vinculação apresentaram níveis menores de cooperação coparental e de satisfação conjugal. Assim como mães que apresentaram níveis elevados de conflito coparental apresentaram baixa satisfação conjugal. Quanto às participantes com evitamento de vinculação, estas relataram níveis inferiores de cooperação coparental e baixa satisfação conjugal assim como níveis elevados de conflito coparental e baixa satisfação conjugal. Foi possível verificar também que, a vinculação das mães modera a associação entre a coparentalidade e a satisfação conjugal. Foram discutidas as limitações e as implicações clínicas do presente estudo.Research has demonstrated significant associations between coparental cooperation wants the coparental conflict and marital satisfaction. However, little has been studied about the potential moderating effect of maternal attachment to the intimate partner on the association between these variables. Assuming the importance of understanding potential sources of interindividual variability in the association between the co-parenting and marital satisfaction, the present study had four goals. The first two were testing the effect of anxiety on attachment moderator association between coparental cooperation and marital satisfaction and the association between the coparental conflict and marital satisfaction. In the third and fourth objectives was to test the effect of avoidance moderator attachment between coparental cooperation and marital satisfaction an in association between the coparental conflict and marital satisfaction. Data collection was conducted online, using a cross-sectional design, where the participants answered questions related to the study. Participated in study 241 mothers of children to the preschool age. The results showed that mothers with lower levels of anxiety showed attachment of coparental cooperation and marital satisfaction. As well as mothers who showed high levels of coparental conflict presented low marital satisfaction. As for the participants with avoidance of attachment, these reported lower levels of coparental cooperation and low marital satisfaction, as well as high levels of conflict coparental an lower marital satisfaction. It was possible to verify that the attachment of mothers moderates the association between the co-parenting and marital satisfaction. The limitations and clinical implications of the present study were discussed.
Description: Orientação: Diogo Jorge Pereira do Vale Lamela da Silva ; co-orientação: Inês Jongenelen
URI: http://hdl.handle.net/10437/9267
Date: 2018


Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertação Final.pdf 465.0Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account