Ocorrência de infeção por Hepatozoon canis em cães nos concelhos de Abrantes e Sardoal

DSpace/Manakin Repository

Ocorrência de infeção por Hepatozoon canis em cães nos concelhos de Abrantes e Sardoal

Apresentar o registro completo

Título: Ocorrência de infeção por Hepatozoon canis em cães nos concelhos de Abrantes e Sardoal
Autor: Oliveira, Mafalda Cristina Carqueja Lobato Ferreira
Resumo: O agente da hepatozoonose é transmitido por artrópodes, que acomete principalmente os carnívoros domésticos e silvestres. Semelhante a outras doenças transmitidas por vetores (DTV), a distribuição da hepatozoonose está dependente dos seus hospedeiros definitivos e vetores. No entanto esta é diferente na forma de transmissão, onde é necessária a ingestão de uma carraça ixodídea contendo esporozoitos infectantes. Este estudo teve como objetivo detetar infecções por H. canis por meio de esfregaços sanguíneos de cães no distrito de Santarém, nomeadamente nos concelhos de Abrantes e Sardoal, assim como identificar as espécies de ixodídeos que parasitavam os hospedeiros. Foram recolhidas 75 amostras sanguíneas para a realização de esfregaços com posterior análise microscópica, onde foi observada a prevalência de 8% de animais parasitados por H. canis. Quanto à presença de ixodídeos, foram observados em 28 (37%) animais e destes, 18 (24%) apresentavam mais do que um exemplar. Foram recolhidos um total de 177 ixodídeos, onde foram identificadas 2 espécies: Rhipicephalus sanguineus e Ixodes ricinus. De acordo com os resultados obtidos neste estudo, observa-se que os concelhos de Abrantes e do Sardoal apresentam condições climáticas favoráveis à presença dos vetores, assim como a disseminação de H. canis. Este estudo pretende dar uma contribuição para a sensibilização dos tutores e médicos veterinários para a importância da doença e o controlo dos vetores.The agent of Hepatozoonosis is transmitted by arthropods, which mainly affects domestic and wild carnivores. Similar to other vector-borne diseases (VBD), the distribution of hepatozoonosis is dependent on its definitive hosts and vectors. However, this is different in the form of transmission, where it is necessary the ingestion of an ixodidae tick containing infectious sporozoites. This study aimed to detect H. canis infections through blood smears of dogs, in the Santarém district, namely in the Abrantes and Sardoal counties, as well as to identify the species of ticks that parasitized the hosts. Seventy-five blood samples were collected for smears with subsequent microscopic analysis, where the prevalence of 8% of H. canis parasitized animals was observed. As to the presence of ticks, 28 (37%) animals were parasited in witch 18 (24%) presented more than one specimen. A total of 177 ticks were collected, and 2 species were identified: Rhipicephalus sanguineus and Ixodes ricinus. According to the results obtained in this study we can conclude that the counties of Abrantes and Sardoal provide climatic conditions favorable to the presence of the vectors, as well as the dissemination of H. canis. This study aims to aware owners and veterinarians to the importance of the disease and the control of vectors.
Descrição: Orientação: Ana Maria Munhoz ; co-orientação: Joana Fonseca
URI: http://hdl.handle.net/10437/8969
Data: 2018


Arquivos neste Item

Arquivos Tamanho Formato Visualizar Descrição
DIssertacao para passar para cd.pdf 2.400Mb PDF Visualizar/Abrir Dissertação de Mestrado

Este Item aparece na(s) seguinte(s) Coleção(ções)

Apresentar o registro completo

Todo o Repositório


Pesquisa Avançada

Visualizar

Minha conta