Resistência a antibióticos em isolados de cães com foliculite superficial bacteriana: estudo retrospetivo

DSpace/Manakin Repository

Resistência a antibióticos em isolados de cães com foliculite superficial bacteriana: estudo retrospetivo

Apresentar o registro simples

dc.contributor.advisor Alves, Margarida, orient.
dc.contributor.advisor Oliveira, Ana, co-orient.
dc.contributor.author Alqueidão, Soraia Dias
dc.date.accessioned 2018-06-11T14:02:29Z
dc.date.available 2018-06-11T14:02:29Z
dc.date.issued 2018
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/8860
dc.description Orientação: Margarida Alves ; co-orientação: Ana Oliveira pt
dc.description.abstract Staphylococcus pseudintermedius é uma bactéria patogénica oportunista, comensal da pele e membranas mucosas caninas. É, ainda, o agente bacteriano mais frequentemente isolado em casos de foliculite superficial bacteriana (FSB) em cães, representando a principal causa para a prescrição de antibióticos na clínica de pequenos animais. A presente dissertação foi realizada no âmbito de um estudo retrospetivo, com uma amostra de 56 isolados de S. pseudintermedius e respetivos antibiogramas, provenientes de cães apresentados à consulta de referência dermatológica no Hospital Escolar da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. O presente estudo teve como objetivos determinar o perfil de resistência dos isolados às diferentes classes de antibióticos testados e sua correlação com a resistência à meticilina, bem como a incidência de multirresistência. Foi observado que o grupo MRSP compreendia 39,3% dos isolados, enquanto que do grupo MSSP faziam parte 60,7% dos isolados. No grupo MRSP, considerando apenas os isolados testados, verificou-se 100% de resistência à amoxicilina-ácido clavulânico, à cefalotina, à clindamicina, à eritromicina, à tetraciclina, à enrofloxacina, ao florfenicol, à amicacina e à gentamicina, 91,7% à doxiciclina, 72,7% à minociclina 59,1% ao trimetoprim-sulfametoxazol, 54,5% à levofloxacina, 50,0% ao ácido fusídico e ausência de isolados resistentes à pradofloxacina e à rifampicina. Foi, ainda, observado que 64,3% dos isolados eram multirresistentes e que todos os isolados MRSP manifestavam multirresistência. Estes resultados conferem ao clínico opções de tratamento limitado, reforçando a necessidade de uma escolha e abordagem terapêutica mais meticulosa. Este e outros estudos vêm, ainda, demonstrar a importância de alertar e sensibilizar os profissionais de saúde para uma problemática alarmante e, infelizmente, cada vez mais comum pt
dc.description.abstract Staphylococcus pseudintermedius is an opportunistic pathogenic bacteria, normal resident of the dog skin and mucous membranes. It is also the most frequently isolated bacterial agent in cases of superficial bacterial folliculitis in dogs, representing the major cause for antimicrobial prescription in small animal practice. The present master’s thesis, was made as part of a retrospective study, with 56 S. pseudintermedius isolates and antibiograms of dogs presented to the referral consultation at the Scholar Veterinary Hospital of Lusófona University, Lisbon, Portugal. The aim of this study was to determine the resistance profile of the isolates to the tested antibiotics and to correlate methicillin resistance as well as the incidence of multiresistant isolates. The MRSP group comprised 39,3% of the isolates, while the remaining 60,7% isolates were MSSP. In the MRSP group, considering only the isolates tested, 100% were resistant to amoxicillin-clavulanic acid, cephalothin, clindamycin, erythromycin, tetracycline, enrofloxacin, florfenicol, amikacin and gentamicin, 91,7% were found to be resistant to doxycycline, 72,7% to minocycline 59,1% to trimethoprim-sulfamethoxazole, 54,5% to levofloxacin, 50,0% to fusidic acid and no isolates were found to be resistant to pradofloxacin and rifampicin. It was also observed that 64,3% of the isolates were multiresistant and all the MRSP isolates showed to be multiresistant. These results, confer limited treatment options to the clinician, reinforcing the need for a more thorough therapeutic choice. It is, therefore, essential to provide training and awareness among health professionals on this problem, which, unfortunately, is increasingly common. en
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.rights openAccess
dc.subject MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA VETERINÁRIA pt
dc.subject VETERINÁRIA pt
dc.subject MEDICINA VETERINÁRIA pt
dc.subject RESISTÊNCIA AOS ANTIBIÓTICOS pt
dc.subject BACTÉRIAS pt
dc.subject ESTUDOS DE CASO pt
dc.subject VETERINARY MEDICINE en
dc.subject ANTIMICROBIAL RESISTANCE en
dc.subject BACTERIA en
dc.subject CASE STUDIES en
dc.title Resistência a antibióticos em isolados de cães com foliculite superficial bacteriana: estudo retrospetivo pt
dc.type masterThesis pt


Arquivos neste Item

Arquivos Tamanho Formato Visualizar Descrição
SORAIA DIAS ALQ ... RIGIDA FINAL FORMATADA.pdf 796.8Kb PDF Visualizar/Abrir Dissertação de mestrado

Este Item aparece na(s) seguinte(s) Coleção(ções)

Apresentar o registro simples

Todo o Repositório


Pesquisa Avançada

Visualizar

Minha conta