Parâmetros de saúde da raça holstein-frísia em comparação com os respectivos cruzamentos com as raças montbéliarde e vermelha sueca

DSpace/Manakin Repository

Parâmetros de saúde da raça holstein-frísia em comparação com os respectivos cruzamentos com as raças montbéliarde e vermelha sueca

Show simple item record

dc.contributor.advisor Bettencourt, Carlos, orient.
dc.contributor.advisor Paisana, João, co-orient.
dc.contributor.author Pinheiro, Maria Fialho Dominguez de Sousa
dc.date.accessioned 2018-01-25T19:45:07Z
dc.date.available 2018-01-25T19:45:07Z
dc.date.issued 2018
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/8467
dc.description Orientação : Carlos Bettencourt ; co-orientação: João Paisana pt
dc.description.abstract Os programas de selecção da raça Holstein-Frísia (HF) colocaram grande ênfase nos caracteres de produção, resultando num rápido aumento da produção de leite ao longo dos últimos anos. O aumento da produção foi acompanhado pelo declínio da fertilidade, saúde e longevidade. O uso intensivo de alguns touros, associado ao desenvolvimento das tecnologias reprodutivas, resultou no aumento da consanguinidade na população mundial da raça HF. O cruzamento com diferentes raças permite tirar partido da heterose e aproveitar a complementaridade entre raças, reduzindo os efeitos da consanguinidade. O presente estudo teve como objectivo comparar a prevalência de cetose, deslocamento do abomaso (DA), hipocalcémia e mastite, nas três primeiras lactações, entre a raça HF e o seu cruzamento com a raça Montbéliarde (MB) e com a raça Vermelha Sueca (VS), assim como a taxa de sobrevivência durante a primeira lactação. Para tal, foram obtidos os registos de uma exploração leiteira, compreendendo o período entre Janeiro de 2012 e Novembro de 2017, com uma amostra de 275 vacas, das quais 124 HF, 101 HFxMB e 50 HFxVS. A prevalência de cetose durante a primeira lactação foi superior para vacas HF (33%) e inferior para vacas HFxMB (18%). A prevalência de DA foi superior para vacas HF (11%) e inferior para vacas HFxVS (0%). A prevalência de mastite durante a primeira lactação foi superior para vacas HF (17%) e inferior para vacas HFxVS (2%). Apesar da sugestão da superioridade da raça MB e VS relativamente a alguns parâmetros de saúde, as gerações subsequentes devem ser estudadas para avaliar as consequências a longo prazo do cruzamento rotacional de três raças. pt
dc.description.abstract Selection programs of the Holstein Friesian breed (HF) placed great emphasis on production traits, resulting in a rapid increase of milk yield over the last few years. The increase in production was accompanied by a decline in fertility, health and longevity. The intensive use of some bulls, associated with the development of reproductive technologies, has lead to an increased inbreeding in the HF world population. The crossbreeding with different breeds allows heterosis and exploit the complementarity between breeds, reducing the effects of inbreeding. The present study aimed to compare the prevalence of ketosis, abomasal displacement (AD), hypocalcemia and mastitis in the first three lactations, between the breed HF and its crossbreeding with a Montbéliarde breed (MB) and with a Swedish Red breed (SR), as well as the survival rates during first lactation. For this purpose, the records of a dairy farm were obtained, comprising the period between January 2012 and November 2017, with a sample of 275 cows, of which 124 HF, 101 HFxMB and 50 HFxSR. The prevalence of ketosis during the first lactation was higher for HF cows (33%) and lower for HFxMB cows (18%). The prevalence of AD was higher for HF (11%) and lower for HFxSR (0%) cows. A prevalence of mastitis during a first lactation was higher for HF (17%) and lower for HFxSR (2%). Despite the suggestion of the superiority of the MB and SR breeds regarding some health parameters, the subsequent generations should be studied to evaluate the consequences of the three races rotational crossbreeding. en
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.rights openAccess
dc.subject MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA VETERINÁRIA pt
dc.subject VETERINÁRIA pt
dc.subject MEDICINA VETERINÁRIA pt
dc.subject CONSANGUINIDADE pt
dc.subject BOVÍDEOS pt
dc.subject GADO LEITEIRO pt
dc.subject VETERINARY MEDICINE en
dc.subject CONSANGUINITY en
dc.subject BOVIDS en
dc.subject DAIRY CATTLE en
dc.subject CRUZAMENTO DE RAÇAS pt
dc.subject CROSSBREEDING en
dc.subject HETEROSE pt
dc.subject HETEROSIS en
dc.subject RAÇA HOLSTEIN-FRÍSIA pt
dc.subject RAÇA MONTBÉLIARDE pt
dc.subject RAÇA VERMELHA SUECA pt
dc.subject HOLSTEIN FRIESIAN en
dc.subject MONTBÉLIARDE en
dc.subject SWEDISH RED en
dc.title Parâmetros de saúde da raça holstein-frísia em comparação com os respectivos cruzamentos com as raças montbéliarde e vermelha sueca pt
dc.type masterThesis pt


Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertação Mestrado Maria Sousa Pinheiro.pdf 599.1Kb PDF View/Open DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account