Estudo da relação entre estilos de agressividade, comportamentos de risco na condução e resolução de problemas em condutores

DSpace/Manakin Repository

Estudo da relação entre estilos de agressividade, comportamentos de risco na condução e resolução de problemas em condutores

Show full item record

Title: Estudo da relação entre estilos de agressividade, comportamentos de risco na condução e resolução de problemas em condutores
Author: Silva, Joana Rosendo Costa e
Abstract: O “Road Rage” tem sido cada vez mais associado como fator de risco nos acidentes rodoviários. Assim torna-se importante avaliar ambos em relação às estratégias de coping para seja possível compreender melhor que ações de risco propiciam mais ao envolvimento em acidentes. Participaram na mesma 216 sujeitos sendo 96 do sexo masculino com uma média de idades de 29,56 (DP=10,189) e 120 do sexo feminino, com média de idade de 31,54 (DP=11,027). Como medidas de avaliação recorreu-se ao Driver Stress Profile (DSP; Larson, J. 2000; versão traduzida por Rosendo & Rosa, 2015), Driver Behaviour Questionnaire (DBQ; Reason et. Al., 1990; versão traduzida e adaptada por Brites, 2006) e o Inventário de Resolução de Problemas (IRP; Vaz Serra, 1987). De acordo com os resultados, a punição, raiva, impaciência e competição encontram-se positivamente associadas aos comportamentos de riscos e a sua relação com a resolução de problemas também indicou uma correlação positiva nas variáveis raiva, competição e punição, existindo uma associação negativa entre a impaciência e a atitude ativa. Relativamente à associação entre os comportamentos de risco e a resolução de problemas, as variáveis violações não intencionais, erros falta de atenção e procura de sensações encontram-se positivamente associadas, ao invés das violações e lapsos, que revelaram uma associação negativa.The concept of "Road Rage" has been increasigly studied and thus, associated as a risk factor in road accidents. Having the possibility to integrate in risk behavior designation, becomes important to evaluate both with regard to coping strategies in order to better understand each risk actions provide further involvement in accidents. In this research participated 216 subjects and 96 male with a mean age of 29.56 (SD = 10,189) and 120 females, with a mean age of 31.54 (SD = 11.027). Was used as measures Driver Stress Profile (DSP; Larson, J. 2000; translated version by Rosendo & Rosa, 2014), Driver Behaviour Questionnaire (DBQ;. Reason et al., 1990; translated and adapted version by Brites, 2006 ) and Inventory Problem Solving (IRP; Vaz Serra; 1987). According to the results , the punishment , anger , impatience and competition are positively associated with risk behaviors and their relationship with problem resolution also indicated a positive correlation in anger variables , competition and punishment and there is a negative association between impatience and active attitude . Regarding the association between risk behaviors and problem solving , the variables unintentional violations , errors, lack of attention and sensation seeking are positively associated , instead of the breaches and lapses which revealed a negative association.
Description: Orientação: Joana Brites Rosa
URI: http://hdl.handle.net/10437/8303
Date: 2016


Files in this item

Files Size Format View Description
TESE JOANAROSENDOCOSTAESILVA final com juri.pdf 860.3Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account