Validação do Sexual Self-Disclosure Questionnaire numa Amostra Portuguesa

DSpace/Manakin Repository

Validação do Sexual Self-Disclosure Questionnaire numa Amostra Portuguesa

Show full item record

Title: Validação do Sexual Self-Disclosure Questionnaire numa Amostra Portuguesa
Author: Mira, Francisco José Nunes
Abstract: A comunicação é um constructo fundamental na compreensão e intervenção na conjugalidade. No que diz respeito à sexualidade conjugal, a autorrevelação sexual, enquanto ato de informar o parceiro sobre preferências relacionadas com a vida íntima do próprio, é um dos indicadores da comunicação sexual fundamental para compreender os processos envolvidos no efeito que a comunicação sexual tem na resposta sexual humana. O presente trabalho incide nos estudos de validação de um questionário de autorrevelação sexual, o Sexual Self-Disclosure Questionnaire (SSDQ; Byers & Demmons, 1999) na população portuguesa. Participaram neste estudo 663 indivíduos, com idades compreendidas entre os 18 e os 74 anos (M = 32.61, DP = 9.26). O protocolo de recolha de dados, foi constituído, além do SSDQ, por um questionário sociodemográfico e pela EASAVIC (Narciso & Costa, 1996). Os resultados permitem afirmar que a versão portuguesa do SSDQ demonstrou possuir boas qualidades psicométricas, nomeadamente a nível da validade fatorial, convergente e de fiabilidade, sendo adequada para uso em contexto de investigação.Communication is a key construct in the study of conjugality. Sexual self-disclosure - as in the the act of informing the partner about one´s intimate preferences - is a crucial indicator to understand the effect that communication about sexual life has on the sexual conjugality. The present study focuses in the validation of a sexual self-disclosure questionnaire, the Sexual Self-Disclosure Questionnaire (SSDQ; Byers & Demmons, 1999) in the Portuguese population. A total of 663 subjects, aged between 18 and 74 (M = 32.61, SD = 9.26) participated in this study. The data collection protocol was constituted, in addition to the SSDQ, by a sociodemographic questionnaire and by the EASAVIC (Narciso & Costa, 1996). The results show that the Portuguese version of the SSDQ has good psychometric qualities, namely in terms of factorial and convergent validity as well as good reliability, therefore being suitable for use in a research context.
Description: Orientação: Patrícia Pascoal; co-orientação: Pedro Rosa
URI: http://hdl.handle.net/10437/8295
Date: 2017


Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertação Fra ... a 04-04-2017_vPP_PJR 2.pdf 601.4Kb PDF View/Open Dissertação de mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account