Estudo das causas de refugo numa exploração leiteira do sul de Portugal

DSpace/Manakin Repository

Estudo das causas de refugo numa exploração leiteira do sul de Portugal

Show full item record

Title: Estudo das causas de refugo numa exploração leiteira do sul de Portugal
Author: Carvalhinho, Rita Isabel Caeiro
Abstract: O objetivo do presente estudo, foi determinar e caracterizar as principais causas de refugo numa exploração leiteira da zona sul de Portugal, no concelho do Montijo. Foram recolhidos dados referentes ao período entre dia 1 de Janeiro de 2006 e dia 8 de novembro de 2013, sobre todos os animais nascidos entre o inicio de 2006 e o fim de 2008. Estes dados incluíram, a data de nascimento e data de saída da exploração, a idade ao refugo, o número de dias em lactação totais, o número de dia em lactação durante a última lactação, o número de lactações, e qual o destino após o refugo. Determinou-se a relação estatística das causas de refugo com o ano de nascimento, e calcularam-se a prevalência, a incidência cumulativa e a taxa de incidência para cada ano de nascimento. Determinou-se a relação entre as causas de refugo e os dias em lactação, na lactação do refugo, e caracterizou-se a sobrevivência de cada causa de refugo relativamente aos dias em lactação totais e dias em lactação até ao refugo. Estudou-se também a relação estatística das causas de refugo com a idade ao refugo, com o destino do animal após o refugo, com o número de lactações, e a produção total de leite. Concluiu-se que existe relação estatisticamente significativa entre as causas e o ano de nascimento, e que os problemas de úbere e mastite e reprodutivos parecem ter reduzido nas vacas nascidas a partir de 2008. Havendo assim, regra-geral decréscimos na prevalência, incidência cumulativa, excetuando a causas de refugo por baixa produção. Quanto á taxa de incidência das diferentes causas de refugo, destacaram-se os problemas reprodutivos, seguidos dos problemas de úbere e mastite. Com a avaliação da sobrevivência concluiu-se que o tempo médio de sobrevivência relativamente aos dias em lactação, é de aproximadamente 42 meses ou 4 lactações. Observando-se uma maior longevidade das vacas refugadas por problemas de úbere e mastite relativamente aos dias em lactação totais. Relativamente aos dias em lactação ao refugo, observou-se uma maior longevidade dos animais refugados por problemas reprodutivos. Concluiu-se também que existem mais saídas por morte na exploração causadas por problemas reprodutivos que o esperado, e mais saídas para matadouro causadas por problemas de úbere e mastite v do que o esperado. Foi ainda, encontrada uma relação estatisticamente significativa entre as causas de refugo e a produção de leite total.The objective of the present study was to determine and characterize the main culling causes in a dairy farm in the south of Portugal. Data for the period from January of 2006 to November 8 of 2013 were collected for all animals born between the beginning of 2006 and the end of 2008. This data included the date of birth and the date of exit the farm, the total number of days in lactation, the number of days in production during the last lactation, and the destination after culling. The statistical relationship between the culling causes and the year of birth was determined, and the prevalence, cumulative incidence and incidence rate were calculated for each year of birth. The relationship between the culling causes and the days in lactation was determined, and the survival of each culling cause was characterized in relation to the total days in lactation and the days in the last lactation. It was also studied the statistical relationship of the culling causes with the age at culling, destiny of the animal after culling, number of lactations, and the total milk production. It was concluded that there is a statistically significant relationship between the culling causes and the year of birth. The udder problems and mastitis, and reproductive problems seem to have reduced in cows born from 2008. There are general decreases in prevalence and cumulative incidence, except for low production. Regarding the incidence rate of the different culling causes, the reproductive problems were the culling cause with greater intensity of occurrence, followed by the udder problems and mastitis. With the survival evaluation it was concluded that the mean survival time in lactation days is approximately 42 months or 4 lactations. It was observed a longer longevity of the cows culled due to reproductive problems in total days in lactation. Regarding the days in lactation during the last lactation there was a greater longevity of the animals culled due to reproductive problems. It was also concluded that there are more exits from the holding due to death caused by reproductive problems than expected, and more exits to slaughter caused by udder problems and mastitis than expected.
URI: http://hdl.handle.net/10437/8061
Date: 2016


Files in this item

Files Size Format View Description
Tese Rita Carvalhinho-final.pdf 738.4Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account