Contributo para o estudo psicométrico da stress appraisal measure em jovens e adultos portugueses com condições crónicas de saúde

DSpace/Manakin Repository

Contributo para o estudo psicométrico da stress appraisal measure em jovens e adultos portugueses com condições crónicas de saúde

Show full item record

Title: Contributo para o estudo psicométrico da stress appraisal measure em jovens e adultos portugueses com condições crónicas de saúde
Author: Santos, Maria de Lurdes Lopes Paulo dos
Abstract: Objectivos: Este trabalho pretende contribuir para o estudo das propriedades psicométricas da versão portuguesa da Stress Appraisal Measure (SAM; Peacock & Wong, 1990), nomeadamente da sua fiabilidade, validade de constructo, validade convergente com o locus de controlo e estratégias de coping e validade discrimintante entre grupos etários e duração da doença. Método: Participaram neste estudo 156 indivíduos (80 jovens entre 18 e 25 anos e 76 adultos entre 26 e 64 anos) com diagnóstico de uma condição crónica de saúde. O protocolo de avaliação incluiu um questionário sociodemográfico, a SAM, a Multidimensional Health Locus of Control Scale e o Brief-COPE. Resultados: Os resultados mostraram que a versão portuguesa da SAM apresenta uma consistência interna aceitável para a maioria das suas sub- escalas, boa validade de constructo, e validade convergente com o locus de controlo e estratégias de coping. A SAM também revelou validade discriminante entre grupos etários, sendo que os jovens apresentaram maior tendência para a avaliar a doença como controlável pelos outros, comparativamente aos adultos. Conclusão: As propriedades psicométricas da versão Portuguesa da SAM confirmam que este é um bom instrumento para medir a avaliação cognitiva da doença crónica enquanto acontecimento indutor de stresse em contextos clínicos e de investigação.Objectives: This work aimed to contribute to the study of the psychometric properties of the Portuguese version of Stress Appraisal Measure (SAM; Peacock & Wong, 1990), specifically its reliability, construct validity, convergent validity with locus of control and coping strategies, and discriminat validity between age groups and disease length groups. Method: The participants were 156 subjects (80 youths between 8 and 25 years of age and 76 adults between 26 and 64 years of age) with a chronic health condition. The assessment protocol included a sociodemographic questionnaire, the SAM, the Multidimensional Health Locus of Control Scale and the Brief-COPE. Results: The results showed that the Portuguese version of SAM had aceptable realiability for most subscales, good construct validity and convergent validity with locus of control and coping strategies. In addition, the SAM presented discriminant validity between age groups: youths presented a greater likelihood to appraise their chronic condition as controllable by others, when compared to adults. Conclusion: The psychometric properties of the Portuguese version of the SAM confirm that this is a good instrument to assess the cognitive appraisal of chronic health conditions as stressful events in Portuguese clinical and research contexts.
Description: Orientação: Neuza Silva
URI: http://hdl.handle.net/10437/8015
Date: 2016


Files in this item

Files Size Format View
Temporario.pdf 12.34Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account