Violência no namoro: relação com traços psicopáticos, empatia e autoestima em estudantes universitários

DSpace/Manakin Repository

Violência no namoro: relação com traços psicopáticos, empatia e autoestima em estudantes universitários

Show simple item record

dc.contributor.advisor Pechorro, Pedro, orient.
dc.contributor.author Clemente, Diana Mafalda Nogueira
dc.date.accessioned 2017-01-09T13:35:47Z
dc.date.available 2017-01-09T13:35:47Z
dc.date.issued 2016
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/7572
dc.description Orientação: Pedro Pechorro pt
dc.description.abstract O objetivo do presente estudo é examinar como algumas características da personalidade, nomeadamente, traços psicopáticos, empatia e autoestima, se encontram relacionados com a violência no namoro. A violência no namoro é um fenómeno para o qual soluções devem ser arranjadas e, para tal, conhecer as características dos agressores é um passo a tomar, para desenvolver estratégias de prevenção mais eficazes. Os participantes deste estudo foram jovens universitários da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, com idades compreendidas entre 18 e 25 anos (M=21.6; DP=2.15). Para este estudo, colocaram-se as hipóteses de níveis mais altos de violência no namoro estarem associados a níveis mais altos de traços psicopáticos e valores mais baixos de empatia e autoestima, numa população para a qual também se estudou as hipóteses de maiores níveis de traços psicopáticos estarem associados a baixa empatia e baixa autoestima. Os resultados obtidos foram de acordo com o esperado, exceto em relação à componente afetiva da empatia, que surpreendeu com um valor oposto do que foi colocado como hipótese. Ainda assim, excetuando a relação entre traços psicopáticos e violência no namoro, todos os outros resultados obtiveram pouca significância estatística. pt
dc.description.abstract The aim of this study is to examine how certain personality characteristics, namely, psychopathic traits, empathy and self-esteem, are related to dating violence. Dating violence is a phenomenon for which solutions must be arranged. To do this, knowing the characteristics of offenders is a step to take to develop more effective prevention strategies. The participants were university students from Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, aged between 18 and 25 years (M=21.6; SD=2.15). For this study, the hypothesis were that for higher levels of dating violence, higher levels of psychopathic traits will be associated and will be associated lower values of empathy and self-esteem as well. To this population will be also studied the hypothesis that higher levels of psychopathic traits are associated with low empathy and low self-esteem. The results were as expected, except for the emotional component of empathy, which surprised with an opposite value that was placed as a hypothesis. Still, except the relationship between psychopathic traits and dating violence, all other results obtained little statistical significance. en
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.rights closedAccess
dc.subject MESTRADO EM PSICOLOGIA FORENSE E EXCLUSÃO SOCIAL pt
dc.subject PSICOLOGIA pt
dc.subject VIOLÊNCIA CONJUGAL pt
dc.subject PSICOPATIAS pt
dc.subject EMPATIA pt
dc.subject AUTOESTIMA pt
dc.subject PSYCHOLOGY en
dc.subject CONJUGAL VIOLENCE en
dc.subject PSYCHOPATHIES en
dc.subject EMPATHY en
dc.subject SELF-ESTEEM en
dc.subject PSICOLOGIA FORENSE pt
dc.subject FORENSIC PSYCHOLOGY en
dc.subject NAMORO pt
dc.subject DATING en
dc.title Violência no namoro: relação com traços psicopáticos, empatia e autoestima em estudantes universitários pt
dc.type masterThesis pt
dc.identifier.tid 201540592


Files in this item

Files Size Format View
Temporario.pdf 12.34Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account